Data autor

Eline Chivot is a senior policy analyst at the Center for Data Innovation. Based in Brussels, Eline focuses on European technology policy issues and on how policymakers can promote digital innovation in the EU. Prior to joining the Center for Data Innovation, Eline Chivot worked for several years in the Netherlands as policy analyst in a ... David Autor. Data Archive by Topic. Papers Unavailable for Public Use. The following papers cannot be made available for public use: Does Job Testing Harm Minority Workers? Evidence from Retail Establishments David H. Autor and David Scarborough February 2008, Quarterly Journal of Economics, 123(1), 219-277 Data, an international, peer-reviewed Open Access journal. Instructions for Authors. Shortcuts. Submission Checklist. Please. read the Aims & Scope to gain an overview and assess if your manuscript is suitable for this journal;; use the Microsoft Word template or LaTeX template to prepare your manuscript;; make sure that issues about publication ethics, research ethics, copyright, authorship ... Data Audit: A data audit refers to the auditing of data to assess its quality or utility for a specific purpose. Auditing data, unlike auditing finances, involves looking at key metrics, other than quantity, to create conclusions about the properties of a data set. Data that Supports the Summary Results, Tables, and Figures. BEST OPTION: Cite a package in an appropriate repository that includes scripts, provenance information, and summary files that support the research, figures, and tables, consistent with archives maintained for transparency and traceability by assessments such as the IPCC. 10,386 Data Auditor jobs available on Indeed.com. Apply to Auditor, Program Representative - Elections, Internal Auditor and more! The Springer Nature research data policy types 2, 3 and 4 encourage or require the provision of data availability statements. Some research funders, such as the Research Councils UK, require data availability statements to be included in publications and the Springer Nature research data policies support compliance with these requirements. Online Real Estate and Property Search. Address: Williams County Auditor One Courthouse Square Bryan, Ohio 43506: Phone: (419) 636-5639: Fax: (419) 636-8584 Please check the list of data by topic above for updated and supplemetary data files. File Packages. David Autor and David Dorn. 'This Job Is 'Getting Old:' Measuring Changes in Job Opportunities Using Occupational Age Structure.' American Economic Review, P&P, 99(2), 45-51, 2009. The more experienced I become as a data scientist, the more convinced I am that data engineering is one of the most critical and foundational skills in any data scientist’s toolkit. I find this ...

Brasil Bitcoin

2013.05.03 04:20 allex2501 Brasil Bitcoin

**BRASIL BITCOIN** Notícias, perguntas, descubra, denuncie. Tudo sobre **Bitcoin** aqui e no mundo. Bitcoin é a moeda da Internet: um dinheiro descentralizado e com alcance mundial. Diferente das moedas tradicionais como o dólar, os bitcoins são emitidos e gerenciados sem qualquer autoridade central que seja: não existe governo, empresa ou banco no comando do Bitcoin. Dessa forma ele é mais resistente a inflações selvagens e bancos corruptos. Com o Bitcoin, você pode ser seu próprio banco.
[link]


2020.09.18 12:13 niuz-bot ASF: Sistemul de pensii private avea în administrare active de 68,57 miliarde de lei, la data de 30 iunie - [Economic]

Valoarea activelor totale aflate în administrare, la nivelul întregului sistem de pensii private, a atins suma de 68,57 miliarde de lei, la data de 30 iunie 2020, depăşind în echivalent euro valoarea de 14 miliarde, în creştere cu 6,31% faţă de decembrie 2019, informează Autor...
Citeste in continuare: https://www.agerpres.ro/economic-intern/2020/09/18/asf-sistemul-de-pensii-private-avea-in-administrare-active-de-68-57-miliarde-de-lei-la-data-de-30-iunie--575112
submitted by niuz-bot to niuz [link] [comments]


2020.09.18 07:46 SamueleDelPapa Storia

Vai a... Home / Articoli / Governo / Militare / L'onda del triangolo volante del Belgio
Triangolo volante del Belgio Postato da: Antonio Huneeus agosto 26, 2020 0
Trent'anni fa, migliaia di cittadini belgi riferirono di piattaforme misteriose che volavano silenziosamente sui tetti. La Royal Belgian Air Force è stata coinvolta e ha collaborato pienamente con gli investigatori civili. Ad oggi, tuttavia, le origini di queste imbarcazioni rimangono sconosciute.
È difficile trasmettere l'eccitazione causata dall'ondata UFO belga se non stavi seguendo le notizie sugli UFO nel 1989 e all'inizio degli anni '90. All'epoca non mancavano i rapporti sugli UFO e l'interesse per il fenomeno era alto. Gli avvistamenti e le foto da Gulf Breeze, in Florida, hanno dominato la scena americana, i rapporti selvaggi sugli UFO e le storie provenienti dalla vecchia Unione Sovietica hanno ricevuto un'enorme attenzione dei media internazionali e l'ondata di video messicani è decollata nel 1991. Eppure l'ondata belga sembrava avere la meglio tutte queste storie per un po '. I rapporti di questo piccolo paese, quartier generale sia della Commissione europea che della NATO, hanno ricevuto una copertura senza precedenti, arrivando persino alla prima pagina del Wall Street Journal il 10 ottobre 1990, con una storia intitolata "Belgium Scientists Seriously Pursue A Triangular UFO . "
Il classico UFO di forma triangolare descritto da centinaia di testimoni oculari durante l'ondata belga: schizzo del testimone utilizzato per creare la ricostruzione dell'oggetto visto all'inizio della storia. Credito: SOBEPS
Molte erano le ragioni dell'interesse generato dall'ondata belga. Uno era la qualità delle relazioni stesse, la maggior parte delle quali sono state registrate nella regione francofona della Vallonia. Non ci sono stati atterraggi o avvistamenti umanoidi, ma molti avvistamenti dettagliati di più testimoni di piattaforme volanti che si muovevano lentamente e silenziosamente sopra i tetti. Le forme variavano, ma la forma predominante era l'artigianato triangolare oa forma di delta. Alcune delle descrizioni erano così precise che le spiegazioni tradizionali di fenomeni naturali identificati erroneamente o di aerei convenzionali erano escluse. Invece, i caccia stealth e altri aerei militari segreti statunitensi sono diventati le spiegazioni preferite suggerite dagli scettici, ma sono state rapidamente escluse dalla Royal Belgian Air Force (RBAF). Un altro motivo per l'importanza dell'onda è che è stata attentamente studiata e documentata da un'organizzazione UFO locale chiamata SOBEPS (società belga per lo studio dei fenomeni spaziali).
SOBEPS è stata fondata nel 1971 da Lucien Clerebaut, Michel Bougard e altri, e ha costituito un piccolo ma altamente dedicato gruppo di investigatori sul campo. Alla fine dell'ondata nel 1993, SOBEPS aveva raccolto oltre duemila rapporti di testimoni oculari comprendenti ventimila pagine, quattrocento ore di registrazioni audio e seicento indagini complete. Cinquecentoquaranta casi sono rimasti inspiegabili. SOBEPS ha avuto anche l'assistenza di scienziati di prim'ordine, tra cui Léon Brenig, un teorico delle dinamiche non lineari presso la Libera Università di Bruxelles, e il professor Auguste Meessen, un fisico dell'Università Cattolica di Lovanio. Per quanto riguarda il suo lavoro con SOBEPS, il dottor Brenig ha detto, "questa è un'opportunità in cui possiamo applicare il metodo scientifico". Lo stesso Brenig divenne un testimone del cosiddetto triangolo belga durante la guida nelle Ardenne il 18 marzo 1990. L'intero dossier fu infine pubblicato da SOPEPS in due enormi volumi, cinquecento pagine ciascuno, dal titolo Vague d'OVNI sur la Belgique ( UFO Wave ver Belgium), pubblicati rispettivamente nel 1991 e nel 1994. A causa di difficoltà finanziarie, SOBEPS si è sciolta il 31 dicembre 2007, ma alcuni dei suoi membri hanno formato una nuova organizzazione più piccola chiamata COBEPS (comitato belga per lo studio dei fenomeni spaziali) per preservare gli archivi e il lavoro svolto per trentasei anni.
I due volumi pubblicati da SOBEPS intitolati "UFO Wave Over Belgium". Credito: SOBEPS
Un elemento finale e chiave nella credibilità dell'onda UFO belga è stata la partecipazione e la convalida da parte della RBAF, che ha mostrato un insolito grado di apertura. Quando l'ondata belga ha preso piede, il ministero della Difesa belga è stato sommerso dalle domande del pubblico e dei media. Il compito ricadde sul capo delle operazioni dell'aeronautica militare, il colonnello Wilfried De Brouwer, che fu successivamente promosso a maggiore generale e vice capo della RBAF. Ora in pensione dal servizio, il generale De Brouwer ha continuato a parlare dell'onda. È stato uno dei tanti funzionari internazionali intervenuti al famoso evento al National Press Club (NPC) di Washington, DC, nel novembre 2007, organizzato dal regista James Fox e dalla giornalista Leslie Kean. "L'onda UFO belga è stata eccezionale e l'aviazione non è riuscita a identificare la natura, l'origine e le intenzioni dei fenomeni segnalati", ha detto De Brouwer all'NPC. Ha anche tenuto una presentazione dettagliata sull'onda al MUFON International UFO Symposium a San Jose, in California, nel luglio 2008, ed è stato uno dei cinque generali a scrivere un saggio nel nuovo libro di Leslie Kean, UFOs: Generals, Pilots, and Government Officials Vai nel registro.
Sebbene la RBAF abbia lanciato i jet in tre occasioni durante l'ondata, il generale De Brouwer ha spiegato in varie occasioni che non avevano la forza lavoro o le risorse per avviare un'indagine a tutti gli effetti per conto proprio, così invece hanno preso la via insolita di cooperare pienamente con SOBEPS. I dati radar sono stati inviati al Prof. Meessen per l'analisi e il generale De Brouwer ha accettato di scrivere il postface per il primo volume di SOBEPS quando era ancora in servizio. "Devo riconoscere che ho un po 'esitato quando SOBEPS mi ha chiesto di contribuire con la mia parte a questo libro", ha scritto. “In effetti, non sono uno specialista di UFO e, inoltre, è abbastanza delicato per qualcuno che occupa una funzione ufficiale mettere su carta le sue idee personali su una questione così controversa. Tuttavia, ritengo che non sarei stato onesto nei confronti dei SOBEPS se avessi rifiutato. L'aeronautica ha sempre giocato un gioco leale su questo argomento e considero questo postface un elemento complementare all'eccezionale file scritto dal popolo di SOBEPS ".
L'INCIDENTE EUPEN
Sebbene alcuni avvistamenti siano stati segnalati nell'ottobre 1989, il primo incidente importante dell'ondata belga si è verificato un mese dopo, il 29 novembre, intorno alla piccola città di Eupen, che si trova in una regione del Belgio vicino al confine tedesco. Questo caso iniziale ha messo sulla mappa il cosiddetto "triangolo belga" e ha portato all'inizio del coinvolgimento della RBAF. Ci furono avvistamenti sia diurni che notturni, sebbene questi ultimi fossero più lunghi e dettagliati. Il generale De Brouwer ha spiegato nel suo saggio per il libro di Leslie Kean, "un totale di settanta avvistamenti segnalati effettuati il ​​29 novembre sono stati completamente indagati e nessuno di questi avvistamenti poteva essere spiegato dalla tecnologia convenzionale. Il team di investigatori e io stimiamo che circa millecinquecento persone devono aver visto il fenomeno in più di settanta luoghi diversi da diverse angolazioni durante questo pomeriggio e la sera ". C'erano un totale di tredici gendarmi (poliziotti) che hanno visto l'UFO da otto diverse località intorno a Eupen. Il Prof. Meessen ha riassunto il caso nel libro di SOBEPS:
Il 29 novembre 1989, una grande imbarcazione di forma triangolare ha sorvolato la città di Eupen. I gendarmi von Montigny e Nicol lo trovarono vicino alla strada che collega Aix-la-Chapelle ed Eupen. Era fermo nell'aria, sopra un campo che illuminava con tre potenti raggi. I raggi provenivano da grandi superfici circolari vicino agli angoli del triangolo. Al centro della sottostruttura scura e piatta c'era una sorta di "faro rotante rosso". L'oggetto non ha prodotto alcun rumore. Quando ha iniziato a muoversi, i gendarmi si sono diretti verso una piccola strada nella zona sulla quale si aspettavano che l'oggetto volasse. Invece ha fatto un mezzo giro e ha proseguito lentamente in direzione di Eupen, seguendo la strada a bassa quota. È stato visto da diversi testimoni mentre volava sopra le case e vicino al municipio.
Nella sua conferenza MUFON del 2008, il generale De Brouwer ha fornito ulteriori dettagli su questo avvistamento: “L'UAP [Unidentified Aerial Phenomenon] ha emesso ripetutamente e simultaneamente due fasci di luce rossa con una sfera di luce rossa sulla punta di lancia del raggio. Successivamente, le palline rosse sono tornate sul velivolo. " Apparentemente c'era anche un secondo velivolo triangolare, che ha effettuato "una manovra di inclinazione in avanti, esponendo il lato superiore della fusoliera", ha continuato De Brouwer. “Loro [i gendarmi] hanno visto una cupola con finestre rettangolari, illuminate all'interno. Poi è scomparso a nord. " Altri due gendarmi videro uno dei velivoli di un monastero vicino; "Uno è attualmente il capo della polizia in quella zona, era spaventato a morte", ha aggiunto De Brouwer.
Grafico statistico degli avvistamenti belgi tra ottobre 1989 e settembre 1990, con picchi nel periodo novembre-dicembre e un secondo in aprile. Credito: SOBEPS
L'incidente di Eupen fu seguito da molti altri avvistamenti UFO, compresi diversi riportati l'11 dicembre 1989. Uno dei testimoni quella sera era un conoscente personale del generale De Brouwer, il colonnello André Amond, un ingegnere civile dell'esercito belga. Il Col. Armond ha lavorato accanto al generale De Brouwer e ha scritto un rapporto dettagliato per il Ministero della Difesa. Il colonnello Armond stava guidando con sua moglie intorno alle 18:45, quando hanno notato uno strano oggetto con luci rosse lampeggianti. Hanno fermato la macchina e sono scesi per vederla meglio. "All'improvviso, hanno visto un riflettore gigante, circa il doppio della dimensione della luna piena, che si è avvicinato a una distanza stimata di 100 metri", ha scritto De Brouwer, aggiungendo che "la moglie del colonnello era spaventata e ha chiesto di andarsene". Nel suo rapporto al Ministero, Armond "ha accertato che questo velivolo non era un ologramma, un elicottero, un aereo militare, un pallone, un ultraleggero motorizzato o qualsiasi altro veicolo aereo noto".
Varie forme sono state riportate in tutta l'onda, comprese rotonde, rettangolari ea forma di sigaro, ma la maggior parte erano oggetti triangolari. Il generale De Brouwer osserva che le differenze potrebbero essere dovute anche agli angoli di visione dei testimoni oculari. Il ricercatore Marc Valckenaers ha elencato alcune delle caratteristiche degli UFO nel secondo volume di SOBEPS sull'onda, tra cui: spostamento irregolare (zig-zag, cambio istantaneo di traiettoria, ecc.), Spostamento che segue i contorni del terreno; velocità variabili di spostamento (incluso movimento molto lento), volo stazionario (hovering), sorvolo di centri urbani e industriali ed effetti sonori (debole ronzio al silenzio totale).
Ricostruzione dell'incredibile piattaforma volante rettangolare vista da due operai il 22 aprile 1990, descritta come "una portaerei capovolta". Credito: SOBEPS
Uno dei rapporti più strani è venuto da due operai della città di Basècles, a sud-ovest di Bruxelles, che hanno visto un'enorme piattaforma volante trapezoidale (330 x 200 piedi) poco prima della mezzanotte del 22 aprile 1990. L'oggetto si muoveva lentamente e silenziosamente, coprendo l'intero cortile della fabbrica. Nel rapporto SOBEPS, gli operai della fabbrica hanno descritto l'UFO come "una portaerei capovolta". Nonostante la qualità fantascientifica di questo avvistamento, un rapporto quasi identico fu presentato quasi un anno dopo, il 15 marzo 1991, da un ingegnere elettronico ad Auderghem, vicino a Bruxelles, che si svegliò nel cuore della notte quando “sentì un fischio ad alta frequenza appena udibile. Ha guardato fuori dalla finestra e ha visto una grande imbarcazione rettangolare a bassissima quota con strutture irregolari sul fondo ", ha scritto il generale De Brouwer.
Una caratteristica dell'onda belga era quanto vicini gli oggetti volavano sopra i tetti, come mostrato con questa piattaforma rettangolare volante. Credito: SOBEPS
Un'altra vista della piattaforma volante rettangolare sopra il tetto e schizzo che mostra dove l'ha vista il testimone. Credito: SOBEPS
L'EPISODIO DI SCRAMBLE DELL'F-16
Se gli avvistamenti di testimoni multipli di Eupen del novembre 1989 hanno innescato l'ondata belga, l'incidente del caccia a reazione durante la notte del 30 marzo 1990 ha segnato il picco dell'interesse pubblico e della copertura mediatica globale. L'aeronautica militare belga aveva decentrato i jet in due precedenti occasioni senza risultati positivi. La corsa del 5 dicembre 1989 non ebbe successo; quando il jet ha raggiunto il cielo, l'UFO era sparito. Inoltre, il caso del 16 dicembre 1989 si è rivelato un falso allarme; le autorità hanno rapidamente stabilito che si trattava di una proiezione laser riflessa da uno strato di nuvole. A seguito di questi due fiaschi, la RBAF ha implementato una nuova politica in base alla quale i jet sarebbero stati lanciati solo quando un avvistamento sarebbe stato rilevato sul radar e sarebbe stato visivamente confermato a terra dalla polizia.
Il team SOBEPS in visita alla struttura radar della Royal Belgian Air Force a Glons: nel gruppo centrale, a sinistra, il presidente della Società Lucien Clerebaut e a destra, il fisico Prof. Auguste Meessen, accanto all'ufficiale militare. Credito: SOBEPS
Come riportato in un rapporto preliminare preparato dal maggiore P. Lambrechts della RBAF, intitolato "Rapporto sull'osservazione degli UFO durante la notte dal 30 al 31 marzo 1990", l'incidente iniziò alle 22:50. il 30 marzo, quando la gendarmeria ha telefonato al "controllore principale a Glons" del radar per segnalare "tre luci insolite che formano un triangolo equilatero". Altri gendarmi hanno confermato le luci. Quando la struttura NATO a Semmerzake ha rilevato un obiettivo sconosciuto alle 23:49, è stata presa la decisione di rimescolare due caccia F-16. I jet sono decollati alle 12:05 da Beauvechain, la base aerea più vicina, e hanno volato per poco più di un'ora. Secondo il rapporto del maggiore Lambrechts:
L'aereo ha avuto brevi contatti radar in diverse occasioni, [ma i piloti] ... in nessun momento hanno stabilito un contatto visivo con gli UFO ... ogni volta che i piloti sono stati in grado di fissare un aggancio su uno degli obiettivi per pochi secondi, si è verificato un drastico cambiamento nel comportamento dei bersagli rilevati ... [Durante il primo aggancio alle 00:13] la loro velocità è cambiata in un tempo minimo da 150 a 970 nodi [da 170 a 1.100 mph] e da 9.000 a 5.000 piedi, tornando poi a 11.000 piedi per cambiare di nuovo per avvicinarsi al livello del suolo.
Quando il Col. De Brouwer ha mostrato le immagini radar computerizzate dell'UFO tracciato dal sistema radar di bordo F-16 in una conferenza stampa al Ministero della Difesa l'11 luglio 1990, i media internazionali sono entrati in delirio. Sono state rilasciate anche trascrizioni delle comunicazioni radio tra i piloti di caccia, il capitano Yves Meelbergs, il tenente Rudy Verrijt e il Glons Control Reporting Center vicino a Liegi, che hanno fornito alcuni momenti drammatici. Le trascrizioni dipingono un'immagine dei jet che inseguono echi radar fantasma che appaiono e scompaiono e poi riappaiono di nuovo, ma in nessun momento i piloti sono in grado di stabilire un contatto visivo con i presunti oggetti. L'Electronic War Centre (EWC) belga alla fine ha intrapreso un'analisi tecnica dettagliata dei nastri radar computerizzati F-16, completata dal Col. Salmon e dal fisico M. Gilmard nel 1992, e successivamente rivista dal Prof. Meessen.
Un caccia F-16 della Royal Belgian Air Force come quelli si è arrampicato nella notte tra il 30 e il 31 marzo 1990. Credito: Bernard Thouanel
Sebbene alcuni aspetti di questo caso rimangano ancora inspiegabili, Meessen e SOBEPS hanno accettato l'ipotesi di Gilmard-Salmon che la maggior parte dei contatti radar fossero in realtà echi causati da un raro fenomeno meteorologico. Ciò è diventato evidente in quattro lock-on, ha spiegato Meessen, “dove l'oggetto è disceso a terra con calcoli che mostravano un'altitudine negativa…. Era evidentemente impossibile che un oggetto potesse penetrare nel terreno, ma era possibile che il terreno potesse fungere da specchio ". Meessen ha spiegato come le alte velocità misurate dal radar Doppler dei caccia F-16 potrebbero derivare da effetti di interferenza. Ha sottolineato, tuttavia, che c'era un'altra traccia radar per la quale non vi è alcuna spiegazione fino ad oggi. Per quanto riguarda gli avvistamenti visivi di questo evento da parte dei gendarmi e altri, Meessen ha suggerito che potrebbero essere stati causati da stelle viste in condizioni di "rifrazione atmosferica eccezionale".
Un fotogramma del sistema radar di bordo dell'F-16 che mostra l'aggancio degli UFO durante l'episodio di scramble del marzo 1990, mostrato dalla RBAF in una famosa conferenza stampa nel luglio 1990. Credito: RBAF / Bernard Thouanel
In un'intervista telefonica del 1995, il generale De Brouwer ha riassunto le sue riflessioni su questo caso complesso: “Cerchiamo sempre possibilità che possano causare errori nei sistemi radar. Non possiamo escludere che ci siano state interferenze elettromagnetiche, ma ovviamente non possiamo escludere la possibilità che ci fossero oggetti nell'aria. In almeno un'occasione c'è stata una correlazione tra i contatti radar di un radar a terra e un caccia F-16. Ciò indebolisce la teoria secondo cui tutti i contatti radar sono stati causati da interferenze elettromagnetiche. Se aggiungiamo tutte le possibilità, la domanda è ancora aperta, quindi non c'è una risposta definitiva ". De Brouwer ha preso una visione più distaccata dell'episodio di scramble dell'F-16, tuttavia, nella sua conferenza MUFON del 2008 e nel suo saggio del 2010 incluso nel libro di Kean: "La conclusione dell'Air Force, quindi, era che le prove erano insufficienti per dimostrare che c'erano vere imbarcazioni nell'aria in quell'occasione. "
LA FOTO DI PETIT-RECHAIN
La famosa diapositiva a colori del triangolo belga fotografata a Petit-Rechain all'inizio di aprile 1990. Credito: © Guy Mossay / SOFAM
Raramente il vecchio detto secondo cui un'immagine vale più di mille parole diventa più vero che nel caso della straordinaria fotografia di un triangolo volante scattata nella piccola città di Petit-Rechain nell'aprile 1990. Questa diapositiva a colori è diventata il simbolo emblematico del Onda UFO belga. È stato pubblicato e trasmesso in programmi televisivi di tutto il mondo, e compare sulla copertina dei due volumi SOBEPS sull'onda belga. È anche una delle foto di UFO più analizzate nella storia dell'ufologia. Durante il mio viaggio a Bruxelles nel 1995, ho avuto l'opportunità di parlare a lungo con Patrick Ferryn, l'investigatore che inizialmente ha studiato il caso e ha scritto il capitolo al riguardo nel libro SOBEPS. Ferryn mi ha fornito copie della foto e campioni di miglioramenti al computer realizzati da Marc Acheroy, professore di elettricità alla Royal Military School, dove l'immagine è stata analizzata dal Signal Treatment Center. I dettagli di come è stata scattata la foto sono abbastanza semplici e diretti.
Il fotografo, P.M. (che vuole la privacy, ma ha collaborato pienamente con SOBEPS), era un operaio di vent'anni, che viveva nella piccola comunità di Petit-Rechain, vicino a Verviers. Era a casa con la sua ragazza la notte tra il 4 o il 7 aprile 1990 (non riesce a stabilire la data esatta), quando la sua ragazza ha notato per la prima volta l'oggetto tra le 23:00 e le 23:30. mentre portava il cane in cortile. Secondo la dichiarazione di P.M. a Ferryn, fu allertato dalla sua ragazza, uscì e "vide l'oggetto praticamente fermo verso sud-ovest, a circa quarantacinque gradi di elevazione. Consisteva di tre luci rotonde bianche su una superficie triangolare appena percettibile. Al centro c'era una macchia lampeggiante dello stesso colore, o forse un po 'più rossastra delle altre luci. " P.M. ha afferrato la sua macchina fotografica, una Praktica modello BX20 con uno zoom da 55-200 mm e un filtro per lucernario "Cokin" 1A da 52 mm. Ha girato gli ultimi due fotogrammi di un rotolo di pellicola per diapositive a colori Kodak 36-200 ASA. L'UFO si è poi spostato lentamente verso Petit-Rechain, fino a quando è stato nascosto dai tetti del villaggio. L'intero episodio è durato circa cinque minuti.
Il rullino è stato inviato per posta a una casa di sviluppo che offre uno sconto speciale e quando P.M. ricevute le diapositive, ha notato che solo il fotogramma # 35 aveva catturato l'UFO; il fotogramma n. 36 era completamente nero. Ferryn ha stimato che "la foto è stata probabilmente scattata con una distanza focale compresa tra 55 e 200 mm e con un tempo di esposizione compreso tra 1 e 2 secondi". P.M. ha mostrato la foto ai suoi colleghi della fabbrica (tutti in seguito intervistati da Ferryn), ma per il resto non ha fatto nulla per analizzare o commercializzare l'immagine. Uno dei suoi colleghi conosceva un fotoreporter locale di Verviers, Guy Mossay, che ha immediatamente visto il potenziale valore dell'immagine. P.M. ha venduto i diritti delle foto a Mossay per una piccola tassa. Mossay ha quindi proceduto al copyright della SOFAM (la società multimediale belga per gli autori di arti visive).
Gli scettici hanno naturalmente indicato la possibilità di una bufala con motivi di profitto. Tuttavia, in tal caso, perché P.M. vendere i diritti a Mossay per una quota minore? Inoltre, gli hoaxer non forniscono mai diapositive originali o negativi per l'analisi scientifica, come è stato fatto da P.M. Dopo aver verificato il suo background, intervistato conoscenti e così via, Ferryn ha osservato che "il racconto dei principali testimoni era coerente". Il generale De Brouwer ha trascorso un bel po 'di tempo a spiegare i dettagli di questo caso durante la sua conferenza al MUFON, dicendo del testimone che, "questo ragazzo è autentico, è un ragazzo che non fingerebbe affatto, te lo posso assicurare . " Ancora più importante, la foto del Petit-Rechain è stata sottoposta a più analisi scientifiche rispetto a praticamente qualsiasi altra foto di UFO nella storia.
Quando la foto del Petit-Rechain è sovraesposta, il contorno triangolare dell'oggetto appare chiaramente. Credito: © Guy Mossay / SOFAM
L'elenco degli esperti e delle istituzioni che hanno analizzato questa foto include il Prof. Acheroy della Royal Military Academy del Belgio; Il Prof. François Louange, esperto di fotointerpretazione di immagini satellitari per l'agenzia spaziale francese CNES; Il dottor Richard Haines, uno scienziato senior in pensione della NASA e rispettato ricercatore UFO; Istituto reale del patrimonio artistico belga; e André Marion, un fisico nucleare del Centro nazionale francese per la ricerca scientifica (CNRS), che ha condotto un'analisi nel 2002 con una tecnologia migliorata. I dettagli tecnici di queste analisi sono troppo numerosi per questo articolo, ma basti dire che non sono mai state trovate prove di inganno fotografico. Inoltre, di diversi tentativi di duplicare la foto utilizzando un modello triangolare di cartone scuro con fori e lampadine, solo uno realizzato dai membri dell'Istituto di astrofisica dell'Università di Liegi somigliava in qualche modo alla foto del Petit-Rechain. Ma la luminosità delle macchie nella replica era uniforme, mentre quelle nell'originale mostravano forme ed effetti spettrali differenti. Il più recente studio del CNRS del Dr. Marion ha confermato l'analisi precedente e ha trovato, come affermato dal Gen. De Brouwer, un "alone attorno al velivolo con struttura modellata", che potrebbe essere stato causato dal "sistema di propulsione" dell'oggetto di "magnetoplasma". dinamico." Marion ha anche affermato che "sarebbe estremamente difficile falsificare una fotografia del genere".
Alla fine, è quasi impossibile garantire l'autenticità di un'immagine di UFO. Ci sarà sempre una divergenza di opinioni, ma il verdetto nel caso Petit-Rechain appare molto favorevole. UFO triangolari sono stati avvistati in tutto il Belgio all'inizio degli anni '90. Sono state scattate dozzine di video sfocati e foto sgranate, ma generalmente non erano impressionanti. Petit-Rechain è stata la grande eccezione.
Nota: dalla stesura di questo articolo, la foto si è rivelata una bufala ammessa.
NESSUNA PROVA DI AEROMOBILE SEGRETO
A causa dell'elevata credibilità della maggior parte dei testimoni dell'onda belga e delle loro descrizioni di un velivolo triangolare silenzioso così preciso, cercare di spiegare l'onda in termini di bufale, fenomeni naturali erroneamente identificati o aerei convenzionali sembrava inutile. Pertanto, un certo numero di scettici e giornalisti dell'aviazione si sono concentrati sul tentativo di dimostrare l'ipotesi di aerei segreti statunitensi che volano sul Belgio. Sono stati proposti una serie di candidati, dall'Airborne Warning and Control System (AWACS) ai dirigibili segreti, dal caccia stealth F-117A ad altri rivoluzionari velivoli militari segreti statunitensi come il presunto TR-3A Black Manta. Innanzitutto, devi riflettere sul motivo per cui gli Stati Uniti dovrebbero condurre test dei loro aerei più segreti in un'area così popolata come la Vallonia, che non è solo un alleato degli Stati Uniti, ma anche il quartier generale dell'alleanza NATO. Il generale De Brouwer lo ha detto senza mezzi termini in un'intervista del 1991 alla rivista francese OVNI Présence: “Perché gli americani dovrebbero condurre test qui in Europa, senza permesso e con il rischio di avere un incidente che potrebbe creare un incidente diplomatico su scala globale ? Ciò non riguarda solo il Belgio, ma la NATO, dove il suo stesso concetto potrebbe essere messo in discussione. Non credo che gli americani possano correre un tale rischio, è evidente. "
Il maggiore generale (in pensione) Wilfried De Brouwer, che era l'uomo di punta della Royal Belgian Air Force per l'onda UFO, durante il suo viaggio a Washington, DC per partecipare all'evento del National Press Club nel 2007. Crediti: Bernard Thouanel
Guy Coeme e Leo Delcroix, i due ministri della Difesa belgi durante l'ondata, hanno negato enfaticamente la teoria che gli UFO fossero in realtà aerei statunitensi e hanno basato la loro smentita su indagini ufficiali con l'ambasciata degli Stati Uniti a Bruxelles. In una lettera del 1993 al ricercatore francese Renaud Marhic, il ministro Delcroix scrisse: “Sfortunatamente, fino ad oggi non è stata trovata alcuna spiegazione. La natura e l'origine del fenomeno rimangono sconosciute. Una teoria può, tuttavia, essere definitivamente accantonata poiché le forze armate belghe sono state positivamente assicurate dalle autorità americane che non c'è mai stato alcun tipo di volo di prova aereo americano ". Un documento declassificato del 1990 della US Defense Intelligence Agency (DIA) intitolato "Il Belgio e la questione degli UFO", sostiene la posizione di Delcroix. Dopo aver descritto gli eventi di base dell'ondata che si erano verificati fino a quel momento, il funzionario statunitense senza nome ha scritto proprio alla fine di questo memo: "The [U.S. L'aeronautica militare (USAF)] ha confermato all '[aeronautica belga] e al [ministero della Difesa belga] che nessun aereo stealth USAF stava operando nell'area delle Ardenne durante i periodi in questione. Questo è stato rilasciato alla stampa belga e ha ricevuto ampia diffusione ".
Sono trascorsi trent'anni dall'ondata UFO belga e non sono state prodotte nuove prove significative per dimostrare che gli avvistamenti siano stati causati da aerei militari segreti. I casi segnalati rimangono inspiegabili. Sembra certo che qualcosa di massiccio e tecnologicamente avanzato abbia volato sul territorio belga durante il periodo 1989-93. Perché e chi c'era dietro sono domande a cui resta una risposta. Un'opportuna conclusione, per ora, è ripetere quanto ha scritto il Gen. De Brouwer alla fine del suo famoso postface al primo volume del SOBEPS: “Verrà senza dubbio il giorno in cui il fenomeno sarà osservato con mezzi tecnologici di rilevazione e raccolta che ha vinto non lasciare un solo dubbio sulla sua origine. Questo dovrebbe sollevare una parte del velo che ha coperto il mistero per molto tempo. Un mistero che continua così presente. Ma esiste, è reale e questa di per sé è una conclusione importante ".
L'autore (a sinistra) con il presidente della SOBEPS Lucien Clerebaut presso la sede della Società a Bruxelles nel 1995. La mappa sullo sfondo mostra i luoghi degli avvistamenti in Belgio. Credito: Antonio Huneeus
Una versione di questo articolo è apparsa originariamente nel numero 5 (dicembre / gennaio 2011) di Open Minds UFO Magazine. I problemi arretrati possono essere trovati qui.
Post popolari: La scomparsa della foto di UFO "più spettacolare" del Regno Unito Presunte foto di UFO su China Lake analizzate Documentario Bob Lazar Area 51 narrato da Mickey Rourke Questo è classificato: esporre la tecnologia Silver Bullet Mistero nel sud-ovest: uno sguardo all'interno del famigerato Bradshaw Ranch Incontro UFO in Alabama La FAA rilascia dati audio e radar di un incontro UFO con più piloti sulla California e sull'Oregon, i jet sono stati lanciati Robert Powell - USS Nimitz UFO Encounter - 24 ottobre 2017 Un testimone della Florida riporta un UFO rettangolare vicino a Tampa Bay Documentario di Bob Lazar Sneak Peak
CondividiSalva Precedente: Open Minds UFO Radio Newscast - 21/8/2020 - Ospite speciale: Martin Willis Il prossimo: Open Minds UFO Radio Newscast - 8/28/2020 - Ospite speciale: Douglas Smythe SU ANTONIO HUNEEUS
Il reporter investigativo di Open Minds J. Antonio Huneeus ha coperto il campo degli UFO da una prospettiva internazionale per oltre 30 anni. I suoi articoli sono apparsi in dozzine di pubblicazioni negli Stati Uniti, America Latina, Europa e Giappone. È stato anche co-autore del "Documento informativo sugli UFO - La migliore prova disponibile", finanziato da Laurance Rockefeller, e ha curato il libro "Guida allo studio sugli UFO, fenomeni psichici e paranormali nell'URSS". Huneeus ha studiato francese all'Università Sorbona di Parigi e giornalismo all'Università del Cile a Santiago negli anni '70. Ha tenuto conferenze in dozzine di Conferenze UFO in tutto il mondo ed è stato intervistato da molti media tra cui The Washington Post, Sy-Fy e History Channel, Nippon-TV, ecc. Ha ricevuto il premio "Ufologist of the Year" al National UFO Conference a Miami Beach nel 1990 e il premio "Courage in Journalism" alla X-Conference di Gaithersburg, nel Maryland, nel 2007.
ARTICOLI CORRELATI
Da qualche parte nei cieli: una giovane voce di verità 4 settembre 2020
Rapporto Rojas - Presentazione: Astronomi e UFO 29 agosto 2020
Open Minds UFO Radio Newscast - 8/28/2020 - Ospite speciale: Douglas Smythe 29 agosto 2020
LASCIA UN COMMENTO L'indirizzo email non verrà pubblicato. I campi richiesti sono contrassegnati *
Nome *
E-mail *
Sito web
sette × quattro =
Posta un commento CONGRESSO INTERNAZIONALE UFO 2020 L'evento di quest'anno è online al 100%! 8-13 SETTEMBRE 2020.
Alejandro Rojas di OpenMinds.tv è il maestro di cerimonie di quest'anno!
Dai un'occhiata all'incredibile lineup di relatori e REGISTRATI ORA SU UFOCongress.com!
RISPARMIA $ 35 sui pass di più giorni! Usa il codice: SAVE35 al momento del pagamento!
PATREON Iscriviti a contenuti Premium ESCLUSIVI:
ISCRIVITI AL NOSTRO CANALE
DIVENTA MEMBRO YOUTUBE Diventa un membro di OpenMindsTV YouTube per accedere a contenuti esclusivi. Leggi di più.
SOCIALE
OTTIENI PRODOTTI A MARCHIO OPENMINDS.TV
ANNUNCIO PUBBLICITARIO
GUARDA I VIDEO SU RICHIESTA
DVD ESCLUSIVI
ANNUNCIO PUBBLICITARIO
© Copyright 2020 Open Minds Production, LLC, Tutti i diritti riservati.
submitted by SamueleDelPapa to u/SamueleDelPapa [link] [comments]


2020.09.10 13:57 gustavorochacom Head de Compliance e DPO: Pode ser um só?

Divido o artigo do advogado Luis Fernando Prado Chaves do escritório Daniel Law sobre este tema tão relevante: Pode o DPO ser o mesmo de compliance?
O comparativo traçado pelo autor é completo e bem instigante e teço alguns comentários após:
Bélgica: Empresa é multada por ter nomeado head de compliance, auditoria e riscos como DPO.
Por: Luis Fernando Prado Chaves*
Na última semana, mais precisamente no dia 28/04/2020, em decisão que chocou parte dos especialistas europeus em proteção de dados, a Autoridade Belga (íntegra da decisão em holandês) multou uma operadora de telefonia em 50 mil euros em razão de inadequada nomeação de DPO (em português, encarregado de proteção de dados).
Após um incidente de segurança, a Autoridade daquele país realizou investigação sobre as práticas da empresa em matéria de proteção de dados e concluiu pela impossibilidade de cumulação das funções de DPO e head de compliance, pois as rotinas de compliance demandam tratamento constante e relevante de dados pessoais, o que inviabilizaria a supervisão independente de tais atividades por parte do DPO por se tratar da mesma pessoa. Ainda, tal cumulação de cargos, segundo a Autoridade Belga, revela um “significante grau de negligência” por parte da empresa investigada, o que culminou na aplicação da multa de 50 mil euros, que, à primeira vista, pode não parecer grande coisa, mas é a maior sanção administrativa imposta até agora pela Autoridade Belga, segundo os colegas europeus do escritório Fieldfisher.
O espanto dos profissionais de privacidade europeus se justifica em razão de a decisão ser considerada excessivamente rigorosa, já que: (i) o GDPR permite a cumulação do cargo de DPO com outras funções, desde que não haja conflito de interesses; (ii) as guidelines do WP29 (atual European Data Protection Board – EDPB) sobre DPO não chegam a esse nível de rigor, mencionando (tudo bem que a título de exemplo) posições de conflito com o DPO que passam longe daquilo que faz a pessoa em posição de head de compliance; e (iii) muitas empresas na Europa – tal como vem acontecendo no Brasil – nomearam seus heads de compliance como DPO, sendo que, apesar dos riscos jurídicos envolvidos, isso nunca tinha sido um problema efetivo à luz de proteção de dados até então.
Inclusive, segundo o último relatório de governança disponibilizado pela IAPP em conjunto com a EY, em 18% dos casos o DPO se reporta ao(à) head de compliance da organização. Não preciso nem mencionar que o precedente belga deixou o pessoal em terras de GDPR de cabelo em pé, colocando em xeque programas de governança em proteção de dados e fazendo uma dúvida inquietante atravessar o Atlântico:

Mas, afinal, aqui no Brasil DPO vai poder acumular o cargo de head de compliance?

Bem, se lá no primeiro mundo, onde o GDPR é realidade, há muitos colegas discordando e encarando com perplexidade a decisão da Autoridade Belga, aqui no Brasil precisamos lembrar que a LGPD é omissa em relação ao acúmulo de funções, não dispondo sequer (ao menos não de maneira expressa) sobre a necessidade de se evitar conflito de interesses. Portanto, podemos concluir que é totalmente viável que o DPO acumule função, mas alguns alertas devem ser feitos – e o precedente belga deveria fazer com que abríssemos ainda mais os olhos.
Considerando a influência do direito europeu de proteção de dados sobre o brasileiro, bem como as tendências interpretativas que são esperadas da doutrina, jurisprudência e autoridade nacional, devemos considerar a ação de evitar conflito de interesses nas atribuições do DPO, senão como obrigação implícita decorrente do artigo 41, §2o, III (que estabelece como função do DPO o dever de orientar os funcionários e os contratados da entidade a respeito das práticas a serem tomadas em relação à proteção de dados pessoais), ao menos como uma prática fortemente recomendável, para dar efetividade ao artigo 50 da LGPD (que aborda os elementos de um programa de governança adequado).
Abaixo, apresento breves dicas de como materializar tal prática:
✓ Dotar o DPO de independência para exercer suas funções;
✓ Prover os recursos necessários, conforme o tamanho da organização, para que as funções do DPO sejam realizadas a contento;
✓ Idealmente, não imergir o DPO em áreas/estruturas que ele deverá analisar criticamente, tais como:
📷 Compliance: o DPO deve analisar as operações de background-check que envolvem dados pessoais e são conduzidas por essa área;
📷 TI: o setor de TI é responsável, por exemplo, pela aquisição de tecnologia da empresa, o que, no melhor cenário, deveria contar com uma análise isenta por parte do DPO;
📷 Segurança da Informação: também no contexto ideal, o DPO deveria servir como uma segunda opinião em relação a assuntos que envolvam segurança da informação aplicada a dados pessoais;
📷 Outras áreas de conflito evidente: são exemplos de áreas que podem trazer notório conflito de interesses em relação às atividades de DPO: RH, marketing, inovação, digital, big data, comercial/vendas etc.
Além disso, é importante que o DPO tenha as seguintes garantias que prestigiam a independência a ser perseguida:
➢ Ter acesso às lideranças das áreas-chave da empresa;
➢ Ter recursos (humanos e materiais) para o desempenho de suas funções;
➢ Reportar-se ao mais alto nível gerencial da organização; e
➢ Ter autonomia para exercício de suas atividades sem que sua atuação sofra pressões por resultados financeiros ou metas comerciais.
É claro que aqui estamos falando do mundo ideal. Em algumas organizações, principalmente em razão do porte e orçamento, não será possível criar uma área autônoma para o DPO e seu time, que se reporte ao mais alto nível gerencial como mandam as melhores práticas. Na maioria desses casos, a solução será mesmo a de cumular funções, ocasião em que será de extrema importância a implementação de mecanismos por parte da companhia para lidar com os conflitos de interesses que surgirão no dia-a-dia.
Enfim, como (quase) tudo na jornada de governança em proteção de dados, também para a estruturação de um cargo efetivo de DPO não há fórmula única. No entanto, o precedente belga deixa claro algo que é aplicável aqui ou lá: se o seu DPO for apenas para inglês ver, a caneta da autoridade poderá agir. Todo cuidado é pouco nos programas de adequação à LGPD, especialmente no desenho da estrutura de governança, para que as medidas adotadas pelas organizações não sejam interpretadas como “significante grau de negligência“.
\ Luis Fernando Prado Chaves é sócio e head da área de Direito Digital e Proteção de Dados da Daniel Advogados. Profissional de privacidade (CIPP/E) certificado pela International Association of Privacy Professionals (IAPP). Advogado reconhecido como um dos mais admirados pelo anuário Análise 500 (2019). Premiado como Legal Influencer na categoria “Leading author for Technology, Media and Telecom (TMT) – Central and South America” pelo portal jurídico Lexology. Possui mestrado (LLM) em Derecho Digital y Sociedad de la Información pela Universitat de Barcelona. Especialista em Propriedade Intelectual e Novos Negócios pela FGV DIREITO SP. Graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Co-autor dos livros “Comentários ao GDPR – Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia” e “LGPD Comentada” (Ed. Revista dos Tribunais). Professor e palestrante convidado em diversas instituições de ensino do país. Foi pesquisador externo do Grupo de Ensino e Pesquisa em Inovação (GEPI) da FGV Direito SP, onde participou das contribuições ao Anteprojeto de Lei sobre Proteção de Dados (Ministério da Justiça), que resultou na LGPD.*
Luis Fernando Prado Chaves CIPP/E Partner @ Daniel Law Head de Direito Digital, Privacidade e Proteção de Dados IT, Privacy & Data Protection
Interessante não?
Numa primeira análise, concordo com a Bélgica, devemos ter figuras diferentes entre head de compliance e DPO. Seus trabalhos são diversos e podem ser influenciados um pelo outro, além de poder gerar decisões antagônicas e quiçá contraditórias…
Mais um assunto para LGPD em 2021!
#FraternoAbraço #GustavoRocha (51) 98163.3333 [[email protected]](mailto:[email protected]) www.gustavorocha.com @ConsultorGustavoRocha Instagram Facebook LinkedIn
#Consultoria GustavoRocha.com Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos Robôs Inteligência Artificial Jurimetria Marketing Jurídico Fluxos Internos Plano de Carreira Financeiro @GustavoRochaCom Twitter Facebook LinkedIn YouTube Gustavo Rocha Podcast Spotify
submitted by gustavorochacom to LGPD [link] [comments]


2020.09.08 21:08 edbucker Need help setting hyperlinks with @contentful/rich-text-react-renderer plugin

Need help setting hyperlinks with @contentful/rich-text-react-renderer plugin
Short story: I'm calling an [INLINE.ENTRY_HYPERLINK] with the code below:
[INLINES.ENTRY_HYPERLINK]: (_node, children) => { return {children} }
const LinkResolver = ({ input, children }) => {
switch (input.sys.contentType.sys.contentful_id) { case "pagina": return {children}; case "blogPost":return {children}; case "autor":return {children}; case "categorias":return {children};
default: return null } }
The node is right, since it evokes the proper case from switch function (e.g.: blogPost, generating "localhost:8000/blog/{slug}". However, it's returning undefined result. I've tried without the locale first "pt_BR", but then took a look at graphql playground and found it there, along with the right contentful_id which switches the link resolver:

https://preview.redd.it/rra6hiip2zl51.png?width=414&format=png&auto=webp&s=a0eb3023dbf39d5ec58204f34e3935cc2cff3c4d
Not sure what's going on. If I remove the pt_BR string, it returns [object] [object] in the url. I've disabled the locale for this rich text editor and pt_BR will still remain there because the post is already saved.
My guess is I'm unaware of something. :( Please, can anyone help me with this struggle?
submitted by edbucker to gatsbyjs [link] [comments]


2020.09.03 18:03 niuz-bot VIDEO Guvernul adoptă actele normative cu privire la alegerile parlamentare; scrutinul - pe 6 decembrie - [Politica]

Guvernul urmează să adopte în şedinţa de joi hotărârile cu privire la data alegerilor parlamentare şi la calendarul acestora.

Premierul Ludovic Orban a declarat că data alegerilor parlamentare va fi 6 decembrie. AGERPRES/(AS - autor: Dana Piciu, editor: Georgiana...
Citeste in continuare: https://www.agerpres.ro/politica/2020/09/03/video-guvernul-adopta-actele-normative-cu-privire-la-alegerile-parlamentare-scrutinul-pe-6-decembrie--567100
submitted by niuz-bot to niuz [link] [comments]


2020.09.01 17:38 gadlele Aiuto con operazione di scraping

Buonasera smanettoni, spero stiate bene.
Ho bisogno del vostro aiuto: a partire da oggi a lavoro ho un compito da svolgere (e lo avrò per MOLTO tempo) e mi stavo chiedendo se si potesse rendere più semplice con un'operazione di scraping così da automatizzarla e farmi risparmiare un sacco di tempo.
Mi spiego: devo redigere ogni giorno un elenco di siti su un foglio excel e in ogni riga devo riportare su 4 colonne la url del sito, il titolo dell'articolo, il nome dell'autore e la data di pubblicazione.
come fareste voi a rendere questa operazione il meno noioso possibile?
il numero di siti non supera i 50 al giorno, io ho delle capacità informatiche non alte (ma neanche estremamente basse) e sono in grado di seguire tutorial anche abbastanza tecnici, se serve.
Grazie mille per l'aiuto!
submitted by gadlele to ItalyInformatica [link] [comments]


2020.08.28 00:17 shindicate Algumas estatísticas sobre o ENEM 2019


Painel de estatísticas do ENEM 2019 (Autoral)
Nesse último final de semana eu estava procurando alguma base de dados no Kaggle pra brincar com Visualização de Dados. Descobri que o INEP (o instituto responsável pelo ENEM) disponibiliza dados anonimizados de todos os inscritos das edições anteriores do exame. Procurei por algum relatório público que mostrasse uns gráficos legais, mas não achei nada. O próprio INEP disponibiliza uma planilha de sinopse com umas tabelas, mas nada a mais.
Decidi então fazer um painel interativo para poder analisar melhor os dados. Ficou bem maior do que eu esperava, então resolvi compartilhar com vocês também, vai que acham interessante também.
Fiz o painel no Google Data Studio. O link para a visualização está aqui: https://datastudio.google.com0/reporting/fe5315bf-aa7f-494a-802d-ff64bd1b90d2/page/k72cB. (Não é muito bom de mexer no celular, infelizmente...)
Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou elogio é só mandar mensagem :)
Valeu!
TL;DR: Fiz um painel interativo com estatísticas sobre o ENEM 2019 que talvez seja interessante pra alguém.
submitted by shindicate to brasil [link] [comments]


2020.08.27 21:24 FFVII-Regenesis Final Fantasy VII Regenesis (Fan Game)

Conheça o Fan Game de Final Fantasy VII. Este é um jogo sem fins lucrativos criado por fãs que atualmente está em desenvolvimento em parceria com Vanit Studios (Final Fantasy VII 2D Remake). https://rpgmaker.net/games/5794/ Este jogo é destinado a ser uma história de continuação de Final Fantasy VII (Advent Children e Dirge Of Cerberus.) A história se passa 7 anos após dos eventos de Dirge of Cerberus.
Criadores: Game Fantasy Studio Gênero:Ficção/RPG Parte 1: Concluído. Parte 2: Em Beta. Data de início: 19/05/2018 Lançamento - Parte 1 (100%): 18/05/2019 (Completo) Lançamento - Parte 2 (95%): 28/08/2020 (Versão Beta)
Alguns recursos do jogo incluem: Sprites personalizados (nem todos são totalmente originais, alguns deles já foram usados nos Jogos Final Fantasy VII Origin e Final Fantasy VII 2D Remake. Trilha sonora do Final Fantasy VII em formato MIDI. Efetos sonoros do Final Fantasy VII. Recriação de todas as cidades em 2D. Menu de Matérias personalizado diferente do original. Limit Break com o mesmo sistema do FF7 original. Sistema de roubar itens de um inimigo durante a batalha. Sistema de Enemy Skill, onde você pode aprender novas habilidades do inimigo. Novas habilidades e animações de batalha. Múltiplos Vilões além do Vilão principal durante o jogo. Sistema de captura de Chocobos. Recriação do Mapa Mundo do Final Fantasy VII em 2D. O jogo é sempre será sem fins lucrativos e nós nunca cobraríamos por isso.
Sistema de Matérias: Todas as Matérias que estão equipadas ganham 9 de Ap a cada uso do comando 'Magia' durante uma batalha. Não importa quantas vezes você use as magias, todas que estão equipadas ganharão 9 de Ap a cada uso. Quando uma matéria tiver mais de 3000 de AP, elas passarão a ganhar 29 AP.
Sinopse: 7 anos depois dos acontecimentos da Final Fantasy VII - Dirge Of Cerberus, Jenova desencadeia eventos que irão trazer novamente Cloud e todos os seus amigos e antigos inimigos para uma grande batalha que irá decidir o destino final do planeta.
Jogabilidade: A jogabilidade do Final Fantasy VII está dividida principalmente em três áreas principais: Mapa do mundo do jogo, mapas de campo e telas de batalha. O mapa do mundo é uma representação em escala do mundo fictício do jogo através do qual o jogador pode viajar entre diferentes locais existentes. Como em jogos de Final Fantasy anteriores, a travessia pode ser feita a pé, montando chocobos (aves galiformes recorrentes na série), voando uma aeronave ou por mar através de um barco.
Sistema de Batalha: As batalhas no Final Fantasy VII podem ocorrer aleatoriamente ou desencadeadas por um evento específico, colocando o grupo de jogadores contra um ou mais inimigos. Ganhe uma batalha e todos os oponentes serão recompensados com experiência, itens, e Gil (a moeda do jogo). Entretanto, se todos os membros do grupo forem abatidos ou deixados sem poder continuar a luta, o jogo termina e o jogador deve recomeçar de seu último Save.
Sistema de Limit Break: O Limit Break permite você usar um ataque especial durante as batalhas. Toda vez que seus personagens sofrem dano, a barra de Limit Break irá se encher até chegar ao máximo, liberando o comando Limit para usar um ataque especial. Início da Trama: Cloud, um Espadachim confiante que acreditou ser um membro da Soldier 1ª Classe da Shinra, ele ainda sofre com pesadelos desde a última Luta contra Sephiroth em Advent Children. Sete anos após Dirge of Cerberus, Cloud se reúne com Vincent e Yuffie para descobrir alguns eventos estranhos nas proximidades de Midgar. Logo o grupo descobre que a Shinra está sob um novo governo que está reativando os serviços da Empresa e fazendo experimentos com criaturas com as pedras de Omega. Durante as investigações, um estranho homem de manto negro vagueia pelas regiões de Junon em busca de um artefato que está sob o sigilo da Shinra. Mas o que a Shinra e grupo de Cloud não sabiam, era que este homem é nada mais e nada menos que um Ex-Soldier de 1ª Classe que estava desaparecido ha mais de Dez anos. Agora, o futuro depende de Cloud e seus amigos para proteger este artefato misterioso que pode colocar o Destino do planeta em risco.
Desenvolvimento: O jogo está sendo dividido em 3 partes. Parte 1 e Parte 2 (Beta) já está disponível para Download. A equipe continua a trabalhar para a conclusão do jogo. Todos os recursos e Sprites que estão sendo usados serão dados os devidos Créditos aos Autores!
submitted by FFVII-Regenesis to u/FFVII-Regenesis [link] [comments]


2020.08.23 14:18 im_claudia La RedCraft cerca aiutanti per la stagione 3!

(modulo chiuso, sgomberare SUS)
Settembre è alle porte ormai, l'attesa è quasi finita. I membri RedCraft e MultiCore, in data odierna, ci hanno annunciato un contest per poter entrare nella RedCraft come aiutanti! Il funzionamento è come marzo (selezioni e finale), ma rispetto al contest precedente sarà diviso in più giorni. Tra domenica 6 e venerdì 11, dalle 17, si terrano i vari eventi sui canali Twitch dei membri della nuova stagione (li trovate nel modulo); sabato 12 si terrà la finale. Cosa state aspettando ragazzi, compilate il modulo e tentate!
(Nota dell'autore: vi terrò aggiornati qui sul Subreddit. In caso di aggiornamenti, vi invitiamo ad entrare sul Gruppo Telegram del Multicore Network per domande o eventuali cambiamenti)
submitted by im_claudia to RedCraftITA [link] [comments]


2020.08.23 10:54 EducationalBedroom9 What is EcoHealth alliance and why was it founding pre-pandemic coronavirus research?

The 2015 article in Nature Medicine, A SARS-like cluster of circulating bat coronaviruses shows potential for human emergence is seen by conspiracy theorist as a proof of artificial origin of SARS-CoV-2. Just looking at the abstract shows that:
A dilettante could come to a conclusion that if somebody repeated the work in the paper using a human cell line as a target (instead of mice) then the result would be a "bat flu" infecting humans via ACE2 receptor, and one which cannot be vaccinated against. Now why would somebody want to do that is another question, but two groups which immediately come to mind are military and eco-terrorists. The military angle is obvious. As for eco-terrorism, the idea was explored in Tom Clancy's Rainbow Six book. According to the plot summary on Wikipedia:
Henriksen plans to launch a sophisticated bioweapon attack using nanocapsules containing the Shiva virus, a strengthened form of the Ebola virus that had been used by Iran in its biological attack on the U.S. (in Executive Orders). The resulting epidemic would kill millions, but then Brightling's company would distribute a "vaccine" that actually contains a slow-acting version of the virus itself, which would kill or overwhelm nearly all of the rest of the world's population. The "chosen few", having been provided with the real vaccine, would then inherit the emptied world, justifying to themselves mass murder as "saving the world" from humanity.
Note the vaccine angle, it would be a disaster if somebody tried that in real life, but fortunately such things happen only in badly written fiction. Let's get back to reality then. Fortunately, in the real world, the US government has acted preemptively and issued a moratorium on such research as of October 2014 (it was lifted in early 2018). So when the 2015 paper caused an outrage over risky research the matter was already resolved...
But wait, if there was a moratorium in force since 2014, then how was the work in the 2015 Nature paper funded? If you go to the Nature website and click on This article has been updated you'll get this bit of info:
20 November 2015 In the version of this article initially published online, the authors omitted to acknowledge a funding source, USAID-EPT-PREDICT funding from EcoHealth Alliance, to Z.-L.S. The error has been corrected for the print, PDF and HTML versions of this article.
Z.-L.S. is of course Shi Zheng-Li, one of the two co-authors of this paper affiliated with the infamous Wuhan Institute of Virology (the other one being Ge Xing-Yi).
EcoHealth Alliance has a rather substantial Wikipedia page which mentions that the organization is led by one Peter Daszak. Daszak's wiki entry contains the following statement:
In October 2019, when the federal government "quietly" ended the ten-year old program called Predict, operated by United States Agency for International Development (USAID)'s emerging threats division,[16] experts like Daszak, expressed concern that shutting Predict down, could "leave the world more vulnerable to lethal pathogens like Ebola and MERS that emerge from unexpected places, such as bat-filled trees, gorilla carcasses and camel barns."[16] Daszak said that compared to the $5 billion the US spent fighting Ebola in West Africa, Predict—which cost $250 million—was much less expensive. As well, Daszak said, "Predict was an approach to heading off pandemics, instead of sitting there waiting for them to emerge, and then mobilizing."[16]
That is a rather remarkable coincidence: not only was Daszak funding Shi Zhengli's work on the "bat flu" in Wuhan (PREDICT is expressly mentioned in the Nature paper), the epidemic started 1-2 months after the project has been terminated. Apparently US government is now prone to conspiracy thinking, as per the same wiki entry:
According to a May 9, 2020 news report by a number of media outlets, National Institutes of Health (NIH) "abruptly terminated" EcoHealth Alliance's "research grant, which was "focused on identifying and warning about coronaviruses dangerous to human health."[1][2] A May 8, 2020 article in the journal Science, said that the unusual April 24 decision to cut EcoHealth's funding, occurred shortly after "President Donald Trump alleged—without providing evidence—that the pandemic virus had escaped from a Chinese laboratory supported by the NIH grant, and vowed to end the funding."[23]
and
According to an August 19, 2020 article in The Wall Street Journal a July 8 letter from the NIH to EcoHealth said Daszak's multimillion-dollar grant could be reinstated conditional on EcoHealth fulfilling seven demands.[3][4] The letter said that EcoHealth had to "hand over information and materials" from EcoHealth's partner in China, the Wuhan Institute of Virology (WIV). Among the other demands, NIH wants EcoHealth to provide a vial of the WIV's SARS-CoV-2 sample, and to arrange for US federal officials to inspect the WIV.[3][4]
This references an interview with Daszak in Nature, which contains some surprising revelations:
EcoHealth Alliance and Dazsak have been working with Shi Zhengli, a virologist at WIV, for more than 15 years. Since 2014, an NIH grant funded EcoHealth’s research in China, which involves collecting faeces and other samples from bats, and blood samples from people at risk of infection from bat-origin viruses.
That would put the start of collaboration back around 2005 or so. Interestingly, a 2007 paper about mixing bat viruses with HIV put out by the Wuhan lab does not mention EcoHealth as a funding source.
The NIH makes seven demands of EcoHealth, which were first reported by the Wall Street Journal this week, and viewed by Nature. The agency asks EcoHealth to obtain a vial of the SARS-CoV-2 sample used by WIV to determine the virus's genetic sequence. Another request is to arrange an inspection of WIV by US federal officials. Daszak calls the demands from NIH “heinous”, and worries that the funding freeze delays critical work to identify and prevent the next pandemic. The NIH declined to comment, saying the agency did not disclose internal deliberations on a specific grant.
Q: The NIH has asked you to obtain a vial of isolated SARS-CoV-2 from WIV. Did you work on the novel coronavirus during your project?
A: The grant doesn't work on SARS-CoV-2. Our organization has not actually published any data on SARS-CoV-2. We work on bat coronaviruses that are out there in the wild and trying to predict what the next one is. We don't work on sequencing SARS-CoV-2. It’s absurd because it's absolutely outside the remit of the work we do.
Q: Your grant has received a lot of widespread attention in the past few months. How has that been?
A: Conspiracy-theory outlets and politically motivated organizations have made Freedom of Information Act requests on our grants and all of our letters and e-mails that go to NIH. *We don't believe that it's fair that we should have to reveal everything we do*. When you submit a grant, you put in all your best ideas. We don't want to just hand that over to conspiracy theorists to publish and ruin and make a mockery of.
This is absolutely outrageous! Why is US government harassing an innocent NGO working on isolating viruses from bat feces? Why are people disrupting them with FOIA requests? They could instead focus on doing more fundraisers in NYC with cool artwork on invitations...
There is another coincidence about the 2015 paper. One of the authors is Ralph L. Baric. Baric has been working on using remdesivir for treatment of coronaviruses, as detailed in this paper from 2018.
submitted by EducationalBedroom9 to CoronavirusFOS [link] [comments]


2020.08.23 10:49 EducationalBedroom9 What is EcoHealth alliance and why was it founding pre-pandemic coronavirus research?

The 2015 article in Nature Medicine, A SARS-like cluster of circulating bat coronaviruses shows potential for human emergence is seen by conspiracy theorist as a proof of artificial origin of SARS-CoV-2. Just looking at the abstract shows that:
A dilettante could come to a conclusion that if somebody repeated the work in the paper using a human cell line as a target (instead of mice) then the result would be a "bat flu" infecting humans via ACE2 receptor, and one which cannot be vaccinated against. Now why would somebody want to do that is another question, but two groups which immediately come to mind are military and eco-terrorists. The military angle is obvious. As for eco-terrorism, the idea was explored in Tom Clancy's Rainbow Six book. According to the plot summary on Wikipedia:
Henriksen plans to launch a sophisticated bioweapon attack using nanocapsules containing the Shiva virus, a strengthened form of the Ebola virus that had been used by Iran in its biological attack on the U.S. (in Executive Orders). The resulting epidemic would kill millions, but then Brightling's company would distribute a "vaccine" that actually contains a slow-acting version of the virus itself, which would kill or overwhelm nearly all of the rest of the world's population. The "chosen few", having been provided with the real vaccine, would then inherit the emptied world, justifying to themselves mass murder as "saving the world" from humanity.
Note the vaccine angle, it would be a disaster if somebody tried that in real life, but fortunately such things happen only in badly written fiction. Let's get back to reality then. Fortunately, in the real world, the US government has acted preemptively and issued a moratorium on such research as of October 2014 (it was lifted in early 2018). So when the 2015 paper caused an outrage over risky research the matter was already resolved...
But wait, if there was a moratorium in force since 2014, then how was the work in the 2015 Nature paper funded? If you go to the Nature website and click on This article has been updated you'll get this bit of info:
20 November 2015 In the version of this article initially published online, the authors omitted to acknowledge a funding source, USAID-EPT-PREDICT funding from EcoHealth Alliance, to Z.-L.S. The error has been corrected for the print, PDF and HTML versions of this article.
Z.-L.S. is of course Shi Zheng-Li, one of the two co-authors of this paper affiliated with the infamous Wuhan Institute of Virology (the other one being Ge Xing-Yi).
EcoHealth Alliance has a rather substantial Wikipedia page which mentions that the organization is led by one Peter Daszak. Daszak's wiki entry contains the following statement:
In October 2019, when the federal government "quietly" ended the ten-year old program called Predict, operated by United States Agency for International Development (USAID)'s emerging threats division,[16] experts like Daszak, expressed concern that shutting Predict down, could "leave the world more vulnerable to lethal pathogens like Ebola and MERS that emerge from unexpected places, such as bat-filled trees, gorilla carcasses and camel barns."[16] Daszak said that compared to the $5 billion the US spent fighting Ebola in West Africa, Predict—which cost $250 million—was much less expensive. As well, Daszak said, "Predict was an approach to heading off pandemics, instead of sitting there waiting for them to emerge, and then mobilizing."[16]
That is a rather remarkable coincidence: not only was Daszak funding Shi Zhengli's work on the "bat flu" in Wuhan (PREDICT is expressly mentioned in the Nature paper), the epidemic started 1-2 months after the project has been terminated. Apparently US government is now prone to conspiracy thinking, as per the same wiki entry:
According to a May 9, 2020 news report by a number of media outlets, National Institutes of Health (NIH) "abruptly terminated" EcoHealth Alliance's "research grant, which was "focused on identifying and warning about coronaviruses dangerous to human health."[1][2] A May 8, 2020 article in the journal Science, said that the unusual April 24 decision to cut EcoHealth's funding, occurred shortly after "President Donald Trump alleged—without providing evidence—that the pandemic virus had escaped from a Chinese laboratory supported by the NIH grant, and vowed to end the funding."[23]
and
According to an August 19, 2020 article in The Wall Street Journal a July 8 letter from the NIH to EcoHealth said Daszak's multimillion-dollar grant could be reinstated conditional on EcoHealth fulfilling seven demands.[3][4] The letter said that EcoHealth had to "hand over information and materials" from EcoHealth's partner in China, the Wuhan Institute of Virology (WIV). Among the other demands, NIH wants EcoHealth to provide a vial of the WIV's SARS-CoV-2 sample, and to arrange for US federal officials to inspect the WIV.[3][4]
This references an interview with Daszak in Nature, which contains some surprising revelations:
EcoHealth Alliance and Dazsak have been working with Shi Zhengli, a virologist at WIV, for more than 15 years. Since 2014, an NIH grant funded EcoHealth’s research in China, which involves collecting faeces and other samples from bats, and blood samples from people at risk of infection from bat-origin viruses.
That would put the start of collaboration back around 2005 or so. Interestingly, a 2007 paper about mixing bat viruses with HIV put out by the Wuhan lab does not mention EcoHealth as a funding source.
The NIH makes seven demands of EcoHealth, which were first reported by the Wall Street Journal this week, and viewed by Nature. The agency asks EcoHealth to obtain a vial of the SARS-CoV-2 sample used by WIV to determine the virus's genetic sequence. Another request is to arrange an inspection of WIV by US federal officials. Daszak calls the demands from NIH “heinous”, and worries that the funding freeze delays critical work to identify and prevent the next pandemic. The NIH declined to comment, saying the agency did not disclose internal deliberations on a specific grant.
Q: The NIH has asked you to obtain a vial of isolated SARS-CoV-2 from WIV. Did you work on the novel coronavirus during your project?
A: The grant doesn't work on SARS-CoV-2. Our organization has not actually published any data on SARS-CoV-2. We work on bat coronaviruses that are out there in the wild and trying to predict what the next one is. We don't work on sequencing SARS-CoV-2. It’s absurd because it's absolutely outside the remit of the work we do.
Q: Your grant has received a lot of widespread attention in the past few months. How has that been?
A: Conspiracy-theory outlets and politically motivated organizations have made Freedom of Information Act requests on our grants and all of our letters and e-mails that go to NIH. *We don't believe that it's fair that we should have to reveal everything we do*. When you submit a grant, you put in all your best ideas. We don't want to just hand that over to conspiracy theorists to publish and ruin and make a mockery of.
This is absolutely outrageous! Why is US government harassing an innocent NGO working on isolating viruses from bat feces? Why are people disrupting them with FOIA requests? They could instead focus on doing more fundraisers in NYC with cool artwork on invitations...
There is another coincidence about the 2015 paper. One of the authors is Ralph L. Baric. Baric has been working on using remdesivir for treatment of coronaviruses, as detailed in this paper from 2018.
submitted by EducationalBedroom9 to conspiracy [link] [comments]


2020.08.22 15:03 autotldr Covid-19 Is Dividing the American Worker The rapid adoption of remote work and automation could accelerate inequalities in place for decades. Economists say the resulting ‘K’ shaped recovery will be good for professionals—and bad for everyone else.

This is the best tl;dr I could make, original reduced by 86%. (I'm a bot)
For many other workers, it is a new dividing line, corralling them further into the stagnant corners of the economy.
What's making things worse for these workers and their families is that the pandemic is also accelerating the arrival of remote work and automation.
In a string of papers, Dr. Acemoglu and colleagues unpacked decades of data on productivity, employment and the amount of money U.S. employers spend on worker wages vs. capital-that is, the machines, infrastructure and financial dealings required to make businesses happen.
In a recent essay, David Autor, an economist at MIT, and Elisabeth Reynolds, who leads the Task Force on the Work of the Future at MIT, outlined the ways they believe technology-driven trends unique to this pandemic might continue to disrupt the lives of some of America's most vulnerable workers, even once things get back to some semblance of normalcy.
One more reason the pandemic could further immiserate America's low-wage workers is that it is driving companies to adopt new kinds of intelligent and flexible robots and other forms of automation as they become commercially viable.
These workers tend to be more adaptable, jumping from factory job to delivery job to restaurant job as needed.
Summary Source FAQ Feedback Top keywords: work#1 pandemic#2 job#3 automation#4 technology#5
Post found in /Economics.
NOTICE: This thread is for discussing the submission topic. Please do not discuss the concept of the autotldr bot here.
submitted by autotldr to autotldr [link] [comments]


2020.08.20 05:16 ThiagoM3sk uma estória inacabada...

há um tempo eu comecei a criar uma história fictícia que aconteceu comigo enquanto eu cursava o ensino médio. mas se é fictícia como aconteceu?
bom, na verdade é baseada parcialmente no que aconteceu, não houve quase nada do que na estória é mencionado, eu apenas peguei o que o período como base pra começar a escrever a estória. porém, eu ainda não acabei por motivos de... bem, voltamos ao início para entender melhor como começou. eu escrevi, ou melhor, comecei a escrever durante uma viagem e foi pra treinar a escrita, tendo em mente uma "fanfic", uma espécie de romance entre artistas feito por fãs, mas no caso não era de artista e sim só uma história que nunca aconteceu. tendo já os personagens em mente e uma base de como seria a história, comecei a escrever sem nomes certos a eles, o critério era não ser os nomes verdadeiros das pessoas, para que não comprometesse e também não interferisse a história, mantendo a privacidade de todos, já que nenhum deles foram informados de que estariam em uma história escrita, obviamente não colocaria meu nome na, sendo todos criados ou inventados sem nenhum compromisso com a realidade. tendo isso em vista, eu comecei a criar e escrever de uma forma muito rápida, os acontecimentos não tinham emoções, então comecei a reescrever.
após esse reinício a estória teve 7 páginas no Microsoft Word, onde eu estava escrevendo. passei a cópia dessa estória para um site de histórias fictícias ou reais, mas dias depois eu retirei do ar, no site a estória ficou com apenas um capítulo (sim, de 7 páginas no Word eu fiz capítulo único).
eu removi do site pois, ainda que tivesse melhor do que quando comecei a escrever, ela não estava boa, então comecei a reescreve-la mais uma vez, mas ao invés da primeira vez, eu não fiz no Word, fiz em outro site, postando capítulos pequenos, alguns com mais ou menos 400 palavras, aumentando esse número a cada novo capítulo. nesse novo site de histórias tem atualmente quatro capítulos postados, sendo o quinto em desenvolvimento sem data para recomeçar a reescrevê-lo. fazendo isso, eu postei dois capítulos no primeiro site, ou seja, eu mesclei os dois primeiro fazendo um só, e os outro dois para um segundo, sendo assim a estória terá mais ou menos quatro ou cinco capítulos no primeiro site e seis ou mais no segundo site.
eu estendi porque era algo que, por mais que tivesse 7 páginas no programa do Word, não ficou bem claro os acontecimentos e não teve muitos detalhes sobre o que acontecia, nisso eu removi com o intuito de enriquecer mais a estória com alguns detalhes e estender com mais acontecimentos.
finalizando, ela ainda não está terminada e eu nem sei quando eu voltarei a escrever de novo, estou me ocupando muito com coisas desnecessárias e agora terei que me ocupar com coisas realmente importantes e infelizmente terminar de escrever não é uma delas.
atenciosamente, eu, autor desconhecido da estória. (não vou publicar o nome da estória porque, mesmo que eu saiba que ninguém lerá isso, eu não posso vincular meu perfil com a estória, afinal lá diz autor desconhecido, mas tem uma alcunha diferente da minha, que ninguém saberá qual é).
submitted by ThiagoM3sk to u/ThiagoM3sk [link] [comments]


2020.08.18 20:24 UnamarBrasil DIREITOS AUTORAIS

É possível definir direito autoral como o direito que o criador tem sobre a obra que foi por ele concebida. O autor tem esse direito exclusivo conforme determina o artigo 5º da Constituição Federal.

Porque apostar em Direitos Autorais?

Apostar no direito autoral significa garantir que o autor tenha todos os direitos sobre sua obra intelectual amparado. Com isso, ele prova a autoria, consegue conceder a licença a terceiros e, ainda, pode assinar contratos que envolvam o material.
É possível ainda caso surja necessidade, promover a transferência dos direitos patrimoniais para a pessoa jurídica, conseguir de forma mais facilitada comprovar a data em que ela foi criada e, ainda, tem documento que prova a autoria e, em caso de herança, o processo de transferência corre de maneira mais facilitada.
Podemos registrar como direito autoral: obras literárias, ilustrações, músicas, partituras, logotipos, peças publicitárias e conferências, pois, todos esses produtos compõem um processo de execução originário da capacidade intelectual que cada indivíduo possui.
Para que o processo seja realizado de forma correta e com o devido acompanhamento é importante contar com ajuda especializada.
A UNAMAR pode lhe ajudar a tornar toda essa burocracia muito mais simples.

http://www.unamarbrasil.com.bdireitos-autorais/
submitted by UnamarBrasil to u/UnamarBrasil [link] [comments]


2020.08.14 20:48 AllDatDalton The Case for SPY ATH: analysis based on FED liquidity patterns

*This is long. If you don’t like long shit don’t read it. Or just read the positions. Bitching about length in a DD you voluntarily read is 🤡 Shit. *
So, if you want a little more on the Fed Repo schedule, pumps, so on and so forth, I'd recommend taking a look at my old writeups on Fed Repo schedules, liquidity, and the like.
One Two Three
The accuracy on SPY calls with those was something crazy, like 90%, but you could also argue that SPY goes up nearly everyday anyway. Regardless, there is some good background there to chew on. ——
I typically watch the Fed Repo schedule closely (I'm on the e-mail notification list, you can sign up here) and noticed two things recently, for context:
1) Nearly each rollover day—meaning the day of the month when an old schedule ends and a new schedule begins—has been positive for SPY not just since COVID, but since increased Repo operations began late last year. Today is a rollover day, FYI (More on that here, it was the pump before the pump)
2) FED Repo bids haven’t been accepted at all recently--what's of particular importance is that it has coincided with a rise in interest charged by the Fed. About two months ago, these short term loans were offered at 0% interest, meaning it was literally free money. Since late June, though, they've been charging 5 pts over IOER and 10 pts over on the overnight and the term offerings, respectively.
*SO WHAT? *
However, midway through last week I noticed 8 folks take offers on the overnight, an increase from the typical zero/ sometimes one. Then, yesterday, we hit the motherload--*24 bids offered and accepted on short term overnight repo loans. * Those are numbers not seen since the face ripping SPY days of May, when we printed and giggled away the lazy days of Spring as summer was still but a whisper and a promise.
https://i.imgur.com/h5sXDjY.jpg
”What does this mean you fucking nerd? Should I YOLO on 0DTE SPY calls or not?!”
This liquidity increae seems bullish on it's face, but it's important to think critically and not get overly excited. We have to ask ourselves—do banks want the money or do banks need the money. ** There is a very important difference, as one is obviously bullish and one is obviously bearish. To answer this critical question, I strapped on my helmet and hopped into my **’Tism Time Machine to go back and look at two recent periods I that would illuminate some shit for you degenerates:
1) Case 1: the riots and liquidity
The first stop in my 'Tism Time Machine was Minnesota circa May 26th, the beginnings of the riots. Consider this a "stress test" of sorts; billions in nationwide damage, political upheaval, steadily rising COVID numbers, and, most damning, a recent Lil Yachty Album release. *SPY was green as grass during this period- jumping 6.4% in the week period of May 26- June 1. * Why? How could this happen? As a Tyrone I was disappointed, but as an "investor" I was thrilled. What could explain this disconnect between market and reality?
Liquidity my dude, liquidity.
Over 20 Repo bids were accepted daily in those halcyon days of fire and greed. Banks were taking billions in overnight Repo swaps to bolster their liquidity. In this case, it would seem, liquidity was more powerful than any external factor. The data from this time proved it
2) Case 2: The flash crash and liquidity—water for bears
I hear you, frustrated bear. " But what about June 10th, DUR WUZ A CRASH RAWWWR!!" Child, please. Eat some honey and comb yo' beard while I break some shit down that may tickle your pickle.
Yes, liquidity was at a fever pitch on Repo bids when the crash hit. https://i.imgur.com/9hwx7Mt.jpg This does present a valid bearish case, that case being that influxes of liquidity in the Repo Market could indicate a need for support, and are indicative of coming potential for a crash rather than a sign of health. After the crash, SPY faltered for a while, because according to data from that day onward, the enhanced liquidity that preceded the crash leads to subsequent decreased liquidity--after this happened the repo bids, contrary to logic, decreased significantly rather than increasing. Sure, banks kept taking some money to stabilize, and there were little pops over the next week, but over the course of the resulting few weeks bids dropped dramatically overall, and it took SPY a full MONTH to recover to June 9th levels (~317). It would seem that as the interest rates rose and the economy was stumbling, they would rather let it deflate than continue take out high interest rates loans.
A reasonabke liquidity may have led to the crash, at a certain point: Of notable importance--the maturity terms of the long dated term repos (the additional loans on the repo sheet I linked which have longer maturity dates, typically Tuesdays), piled up and contributed to the wipeout. On top of overnight swaps, they were taking term loans of increased interest. Once they matured, banks couldn’t continue to add high interest loan debt for market use to their balance sheets, particularly swap loans a month to maturity for a market that is on precarious footing..
**So, I’ve presented equally valid arguments for bulls and bears, why am I bullish? Especially with obstacles like the stimulus? **
Data driven conclusions: first I’ll highlight my argument based on the time travel findings
1) Continued liquidity is generally a good thing stronger than problematizing market grenades, as was shown. It was able to propel markets in the face of COVID's continued rise, as well as during full blown RIOTS.
*2) We are ONLY at the beginings of a liqiuidity fever pitch, not the inflection point from June 10th: *the borrowing is just now ramping up. The 24 accepted bids yesteday were for like 13 million dollars. By comparison, during the heights of May this was at closer to 13 billion. We don't need that much now, comparatively, but it's still got a ways to even be close to adjusted equivalency.
3) Term repo maturity debt isn’t a problem yet: banks still haven't been taking the Tuesday one month term repo offers, which are still generally sitting at 0 bids a week. I don't think that contributor to the flash crash is a factor, and they still have balance sheet room to borrow against the economic hit of the Stimulus failure.
Secondly, based on external factors
*1) Chinatalksgoingwell.exe will likely help to nullify the Stimulus blowback. * We are meeting with China tomorrow, and the tough talk around trade has withered given both economies are in precarious positons--the US with the stimulus and China with scrutiny on both it's international social media businesses and Huawei. I'm looking for a rosy painting to come out over the weekend, culminating in China acknowledging it will fullfill the phase 1 trade agreement (it's super behind on deliverables, this would be a major boost to OIL and yes, staples like FUCKING CORN ugh).
2) Sectors hit hardest by COVID are rebounding with the economic numbers to prove it: look at recent estimate beats on retail, manufacturing, etc. Not just here but worldwide. THE SECTOR ROTATION INTO DOW IS REAL because of this. S&P will continue to see itself a little shaky some days due to tech, but as some industrial sectors come back it will provide a boost to SPY and the overall market. You may get some pops, but I'd sincerely advise staying away from QQQ. Tech valuations are fucking crazy and you know it. Those profits are now going to move into industrials, financials, and similar as MMs and retail shop for the next deal on a beatdown stock (BA far dated slightly OTM and LEAPS, for example, will print).
*3) Stimulus ‘rabbit out the hat’ coming in early September: *just as the fever pitch of loans and repo swaps and liquidity reaches a din, Congress will be back in a few weeks and either a) DT's Executive Order will have gone through and peoplle will have more money for consumer spending or b) Pelosi and WH will magically make a deal so everybody can get re-elected 4) Legit vaccine pumps incoming: AZN MRNA INO and others bout to seriously pump us up--particularly industrials--on this Phase 3 release hype shit coming at that ass.
WOW this is ALOT of info. HOW ABOUT A TLDR LMAO CALLS OR PUTS MAN?!
TLDR:
Liquidity has been the single most important factor in the market turnaround, with the FED's policies allowing us to survive COVID, COVID resurgence, riots, and a failed stimulus in order to print. Banks are accepting the liquidity again, which they weren't before; importantly they are accepting the RIGHT KIND, so far they’ve been sticking to overnight swaps and not biting on term repos. This is great until it's not--once term operations become accepted and banks are borrowing longer maturity dates at high rates, we will deflate. But we are not close yet, and should be good for at least another couple weeks.
Positions:
SPY 8/28 340c
SPY 9/18 342c
BA 9/18 200c
UDOW 8/21 78c (risky, don't advise lol)
Hedge:
VXX 8/28 26c (it's gonna print some day before then probably, but don't hold overnight cuz leg down ain't coming, boi.)
I generally try to update here, but it quickly becomes a mess and people complain so then I post quick moves to my Twitter which is miltdavis too. (Mods this is not self promotion, I gain nothing. Just trying to help people who read DD here. There is no good update template that gives notifications on here, and people bitch at me). I will try to answer all comments here, and feel free to shoot me PM’s. .
submitted by AllDatDalton to wallstreetbets [link] [comments]


2020.08.14 12:39 derpy_viking Chronotypes. If you get up earlier, you get more exercise

DER SPIEGEL: Chronotypen. Wer früher aufsteht, hat mehr Bewegung
Translation via DeepL:

Chronotypes. If you get up earlier, you get more exercise

Whether someone is an owl or a lark could influence how much he moves - and thus how healthy he lives. Researchers also see the reasons for this in our society.
By Irene Berres - 13.08.2020, 19.27
Life is unjust, at least as far as the inner clock of some people is concerned. While some jump out of bed in the morning without any problems, the body signals to others that it actually needs some more sleep. These people only get really fit when the first hours of school are over, others start their lunch break or have completed their first sports unit.
People with a late chronotype, so-called "owls", have a harder time in our society, sleep researchers agree on this point. The possible consequences can even lead to a lower school- leaving certificate. But a person's physical activity level can also depend on whether he or she is a lark, an owl or a dove - in other words, something in between. This was observed by Finnish researchers in a large study involving more than 5000 people.
The results once again confirmed that the chronotype can play a surprisingly large role in our lives, said Laura Nauha, head of the study at the University of Oulu, in an article in the New York Times.
Chronotypes: Slightly adjusted inner clock
The body needs the inner clock to tune its machinery to the day-night rhythm. With its help it controls digestion, detoxification, blood pressure and ensures that reserves are replenished at night. However, the internal clock is only clocked at 24 hours for very few people. If it goes ahead, the affected people are morning people and always a little earlier. If it is slow, on the other hand, they are late types, evening people or even owls. The basis for this is laid down in the genes.
The fact that this shift is so obvious is due to our modern lifestyle. Actually, the body uses the intense blue radiation of daylight to adjust the inner clock. However, artificial light, brick houses and curtains have largely eliminated this natural clock from our lives.
Motion sensor with blackened display
To investigate the influence of chronotype on movement behaviour, researchers at the University of Oulo used data from a total of 5000 men and women. Each of them had to wear a bracelet around the clock for two weeks to record their movements. The display was blackened so that the results did not encourage them to do more sports.
In addition, the participants filled out a questionnaire on the basis of which the scientists divided them into morning types, evening types or the day types in between.
Since chronotype and movement patterns can differ between men and women, the researchers evaluated the data of both sexes separately. Women tend to be more of an early type. However, the gender differences become blurred from the age of 40 onwards. The participants were all born in 1966, so they were all around 46 years old when their data was collected in 2012.
The result confirmed the researchers' assumption: on average, evening people move less or at least less intensively than morning people. The effect was more pronounced in men, the scientists report in the study published in June in the "Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports".
Differences from one walk per day
The daily difference between morning and evening people was about a 30-minute walk for men; for women it was a 20-minute walk. What sounds like little can quickly affect the figure over a longer period of time.
The study is only an observational study. The researchers cannot say for sure whether it was actually the chronotype and not something else that caused the morning people in the study to move more. However, the result remained the same when the researchers calculated other possible influencing factors such as physical work, BMI or educational status.
It must be clear that this is not about wellness. Renowned sleep researcher on the differences between early and late types
In addition, the results are consistent with a survey of almost 5000 people in 2015, which was also conducted in Finland. In this study too, morning people tended to move more, while evening people tended to spend more time sitting or lying down.
The researchers see a possible cause in the rhythms of our society. People who are always torn from their sleep in the morning and come through the day tired may have less desire to move. The choice of sports courses also becomes increasingly rare towards the evening. And it makes sense: owls tend to sit in front of the television longer in the evening, while the larks are already asleep.
"You're an early bloomer, just like you're 5'7" or 6'2"
It might be worth considering a person's chronotype if you want to get them to be more physically active, the researchers write in a communication from their university.
Less exercise is not the only potentially harmful behavior that researchers have observed in evening people. The list also includes more fast food, more caffeine, more digital media consumption, more cigarettes and more alcohol. Further research also indicates that late types more often develop diseases such as diabetes or depression.
Sleep physicians have long fought to orientate life in society more strongly towards the inner clock, instead of pressing everyone into a grid. "It must be clear that this is not about wellness," said one researcher at the congress of the German Society for Sleep Medicine at the end of 2019. "The genes are crucial. You're an early type, just like you're 6'2" or 6'3"."
irb
submitted by derpy_viking to DSPD [link] [comments]


2020.08.07 00:51 Mr_Libertarian Não é por causa da pandemia, é por causa da quarentena, seu estúpido

Por: Javier Milei
  1. O debate e os dados Desde a chegada do Covid-19, foi instalado um debate que, diante da queda no nível de atividade econômica, emprego, salários reais e um aumento repentino no número de pobres e necessitados, procura remover a responsabilidade do governo do desastre econômico e, mais cedo ou mais tarde, social, culpando a pandemia e não a política preferida do governo para lidar com o vírus, ou seja, a quarentena. O argumento é simples, a pandemia é um choque externo, enquanto a quarentena é de responsabilidade exclusiva do governo. A primeira coisa que devemos destacar é que a economia argentina já estava seguindo um caminho ruim desde meados de 2018, quando a economia entrou em recessão novamente, e que o atual governo falhou em reverter essa tendência. Especificamente, os dados do PIB do primeiro trimestre deste ano mostram uma queda de 5,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. De qualquer forma, isso não representa evidência suficiente para apontar má administração, pois, contra o freio de uma tendência de queda, os dados interanuais geralmente mostram um sinal negativo, que é a base do que é definido como arrasto estatístico. No entanto, quando o indicador é mostrado em termos dessazonalizados, encontramos uma queda de 4,8% em relação ao trimestre anterior, que é de responsabilidade do novo governo. Além disso, as ações do governo são percebidas a partir dos números, pois enquanto o consumo privado cai 6,8%, o investimento 9,7%, exportação 13,4% e importação 7,6%, o único item com sinal positivo foi o consumo público em 1,6%. Ao mesmo tempo, o indicador mensal de atividade de frequência (EMAE) também mostra uma queda colossal. Assim, em março, mesmo com apenas dez dias após a imposição da quarentena, a atividade caiu 11,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto em abril a produção do país caiu 26,4% (acumulando uma retração de 11% ano/ano até agora este ano), que constitui a maior queda na história da Argentina. Portanto, à luz dos números assustadores envolvendo a economia e, dadas as críticas de terem se apoiado fortemente na opinião de infectologistas, o governo começou a impor a história de que o problema não foi quarentena, e sim a pandemia. Para isso, ele mostrou os números de queda do PIB para diferentes países do mundo, com base nas estimativas do FMI. Nesse sentido, é importante ressaltar que a Organização Multilateral estima que o PIB mundial cairá 4,9%, enquanto a queda Argentina será de 9,9%, o que coloca o país entre os países com os piores índices de desempenho mundial, onde, por coincidência, nos países com as quarentenas mais duras, a taxa de queda é maior.
  2. Pandemia ou fraudemia Há uma piada que diz que haviam dois microeconomistas (que olham para tudo em termos relativos) e um diz para o outro “Olá, como está sua esposa?” e ele responde “Comparado a quê?” Aqui vale o mesmo. Se alguém quiser entender os efeitos letais do Covid-19, a primeira coisa a considerar é: como é a dinâmica da população em termos de mortes? Nesse sentido, a primeira coisa a ser compreendida é que, ao longo deste ano, de acordo com estudos demográficos das Nações Unidas, 60 milhões de pessoas morrerão no planeta, ou seja, cerca de 165.000 pessoas por dia ao longo do ano em todo o mundo. Por outro lado, ao analisar as mortes do Covid-19 em todo o mundo, foram necessários pouco mais de 100 dias para atingir esse número, ou seja, estaríamos em torno de 1% das mortes no mundo (mesmo em uma linearização favorável ao Covid-19). Além disso, se compararmos com o caso da gripe espanhola, que é o caso com o qual a Organização Mundial da Saúde ameaçou o mundo, o nível de desproporção é absurdamente enorme. Especificamente, a gripe espanhola ocorreu do final de 1918 até o início de 1920, infectou um terço do planeta Terra e matou 6% dos infectados (= taxa de mortalidade). Ou seja, a gripe espanhola matou 39 milhões de pessoas, o que representou 2% da população total do planeta Terra. Se alguém replicasse os números, para os níveis populacionais de 2020, estaríamos falando de 2,6 bilhões de infectados e um total de 156 milhões de mortes pelo Covid-19, enquanto extrapolar linearmente os dados hoje daria um total de 20 milhões de infectados e 1 milhão de mortos. Ou seja, a OMS errou no número de infectados em 130 vezes e no número de mortes em 156 vezes. Além disso, dado que, durante o primeiro semestre, a mídia televisiva mostrou continuamente gráficos com o número de mortes de Covid-19 em todo o mundo, se o vírus em questão tivesse a mesma letalidade da gripe espanhola, os gráficos deveriam ter mostrado que 427.397 pessoas morrendo por dia, número que o Covid-19 teve dificuldade de atingir em cinco meses. Portanto, à luz dos dados apresentados, somos confrontados com duas interpretações. Por um lado, é que a Organização Mundial da Saúde tem um sério problema com o uso de matemática e estatística, o que a levou a cometer um grande erro. Por outro lado, eles fizeram isso de uma maneira totalmente intencional. No entanto, seja qual for o motivo, a questão é que o Covid-19 não é apenas incomparável a gripe espanhola, mas é questionável defini-lo como uma pandemia.
  3. Quarentena e economia De acordo com os números apresentados e os erros mais do que grosseiros cometidos pela OMS nas estimativas que sustentaram suas recomendações, também é importante quanto da queda do PIB mundial é atribuível ao Covid-19 (ou seja, à fraudemia) e quanto atribuível a quarentena, um exercício que faz sentido, pois, além das diferenças entre os diferentes modelos de quarentena implementados no mundo, todos eles foram colocados em algum tipo de quarentena. À luz dos pressupostos da Organização Mundial da Saúde e, especialmente, dos infectologistas que apontaram que a pandemia de Covid-19 seria equivalente à “peste espanhola”, um trabalho econométrico realizado por Robert Barro, José Ursua e Joanna Weng procurou determinar o impacto que teria no crescimento da produção e do consumo, tanto em termos per capita, quanto na taxa de retorno dos títulos do Tesouro e na taxa de inflação no mundo, se a hipótese dos especialistas em Saúde fosse correta. Por sua vez, para estudar o impacto da gripe espanhola (para assimilar posteriormente com o caso Covid-19), o período de análise decorre de 1901 a 1929, onde ocorre o corte na série temporal daquele ano, explicado pela presença da Grande Depressão. A partir disso, para os 42 países que fazem parte do estudo transversal, os valores das mortes fora do período da praga espanhola 1918-1920 e das mortes da Primeira Guerra Mundial 1914-1918 são zerados. Além disso, vale a pena notar que, embora a data de 1901 possa ser um tanto arbitrária, as estimativas a partir de 1870 dão resultados semelhantes. Assim, com base nos resultados econométricos obtidos, os autores do estudo determinam que, se o número de mortes por Covid-19 fosse semelhante ao da peste espanhola, a taxa de declínio no crescimento do produto per capita seria 6%, enquanto no caso do consumo per capita seria de 8%. Por outro lado, se considerarmos que a taxa de crescimento do PIB, para valores menores, pode ser equiparada à soma da taxa de crescimento do PIB/c mais a da população (líquida entre o crescimento natural e o efeito da doença), o PIB mundial mostraria uma retração na taxa de crescimento de 7 pontos percentuais. Portanto, dado que as estimativas da queda na taxa de crescimento de acordo com a estimativa do FMI (usando outra metodologia e analisando país por país) estão na mesma linha do trabalho de Barro-Ursua-Weng, assimilando o Covid- 19 ao caso da gripe espanhola, dado que o vírus mostrou uma letalidade pelo menos 156 vezes menor, a origem da retração é a quarentena e não a fraudemia. Em outras palavras, dado que as mortes por Covid-19 seriam de 0,013% para o mundo inteiro, a taxa de crescimento do PIB per capita deveria ter caído 0,038%. Assim, a quarentena global é responsável por 99,27% da queda do PIB. Se, por sua vez, consideramos a Argentina a principal aluna da OMS, a atrocidade causada pelo governo Alberto Fernández a pedido do grupo de consultores em doenças infecciosas é óbvia. Essa situação se torna muito mais grave quando se considera que, devido à dinâmica global do vírus, o país não apenas teve mais tempo, mas também muito mais informações.
  4. Um remédio pior que a doença Embora esteja claro que o modelo de quarentena teve um efeito devastador na taxa de crescimento mundial, esse erro se torna ainda mais chocante ao considerar os impactos no mercado de trabalho. Nesse sentido, estudos da Organização Mundial do Trabalho estimaram que, durante o primeiro trimestre do ano, 4,5% das horas trabalhadas no mundo foram perdidas, o que implica que 130 milhões de empregos foram perdidos, enquanto, em comparação com uma perda de 10,5 horas durante o segundo trimestre do ano, o número de empregos perdidos atingiu 305 milhões. Ao mesmo tempo, a destruição de milhões de empregos fez com que o salário médio do mundo caísse 60%. Ao mesmo tempo, considerando que 62% dos trabalhadores do mundo trabalham no setor informal e que 47 pontos desses 62 foram impactados significativamente pela quarentena promovida pela Organização Mundial da Saúde, o número de trabalhadores informais abaixo da linha de pobreza no mundo passou de 26% para 59%. Por outro lado, de acordo com as estimativas do Programa Mundial de Alimentos (PMA), juntamente com os resultados derivados do “Relatório Global sobre Crises Alimentares 2020” (preparado em conjunto com a Rede de Informações sobre Segurança Alimentar da FAO e o Instituto Internacional de Pesquisa em Políticas Alimentares), indicou que, antes da chegada do Covid-19, cerca de 135 milhões de pessoas estavam em situação de insegurança alimentar. No entanto, o que se observa é que o desenho da resposta (quarentenas estritas) para resolver os efeitos do vírus chinês confronta os países com um trade-off desafiador entre salvar vidas ou os meios de subsistência. Dessa maneira, salvar vidas do coronavírus, dado o modelo de quarentena, está levando à fome. Em termos concretos, a pesquisa do PAM indica que mais 130 milhões de pessoas serão levadas ao limite da fome, porque o número total de pessoas em insegurança alimentar subirá para 265 milhões de seres humanos. Portanto, com base nisso e de acordo com os estudos do PAM, 300.000 pessoas por dia passarão fome no mundo, por pelo menos um período de três meses, ou seja, cerca de 27 milhões de pessoas passarão fome graças ao modelo de quarentena promovido pela OMS. Em resumo, tudo isso mostra que o remédio está sendo muito pior que a doença.
  5. Quarentena: um crime contra a humanidade Como apontam Ricardo Manuel Rojas e Andrea Rondón García no livro “A supressão sistemática dos direitos de propriedade como um crime contra a humanidade”, o estudo dos tipos de crimes contra a humanidade ou genocídios, de acordo com a definição em convenções específicas ou no Estatuto de Roma, adverte que esses crimes estão fundamentalmente ligados ao exercício de ações sistemáticas e violentas destinadas a eliminar ou suprimir certos grupos. Ao mesmo tempo, vale ressaltar que não apenas a agressão física direta pode constituir um crime contra a humanidade, mas esse objetivo também pode ser buscado e alcançado por meio de ações que não sejam diretamente violentas, como a supressão sistemática dos direitos de propriedade à um nível que impossibilite a subsistência da população. Nesse sentido, podemos ver claramente que a supressão sistemática dos direitos de propriedade pelo Estado implica remover a base de apoio econômico do indivíduo, que enfrenta um dilema existencial. Por um lado, defender sua propriedade enfrentando o avanço expropriador do Estado e que, no final, acabará com sua vida pela fome. Assim, o Estado acabará assassinando-o por um caminho indireto (e cuja transição poderia ser enquadrada como tortura). Por outro lado, a opção de ceder humildemente aos caprichos da hierarquia do Estado e, assim, tornar-se escravo. Portanto, no primeiro caso, o direito à vida é aniquilado, enquanto no segundo, o direito à liberdade. Dentro da lógica dessa análise, os casos mais rigorosos de quarentena, como o da Argentina, levam a um crime contra a humanidade. Assim, quando o Estado impõe quarentena, isso implica a supressão geral do exercício dos direitos de propriedade por grande parte da sociedade civil. Especificamente, o que a medida faz é suprimir completamente a renda das empresas, exigindo que elas continuem pagando impostos, sustentando o mesmo número de trabalhadores e não permitindo a redução de salários – o resultado de tudo isso simultaneamente é que, durante o processo, as empresas primeiro consomem capital de giro e depois usam as economias dos proprietários das empresas, que no final acabará quebrando as empresas e empobrecendo seus proprietários. Nesse sentido, não apenas há enormes danos a todas as camadas da sociedade resultantes da destruição de capital, mas também deixa o setor privado desamparado diante de um governo que está avançando com pretensões totalitárias. Portanto, o impulso de um modelo de quarentena extremamente rígida e por um período exageradamente longo não apenas permite o avanço dos governos sobre a vida da população com pretensões totalitárias, mas também que os governos se tornem verdadeiras máquinas de violação maciça dos direitos individuais e como, nessa tarefa, a violação dos direitos de propriedade é essencial para alcançar os objetivos, essas ações são alcançadas por várias das cláusulas do Estatuto de Roma e pelas leis internas que adotaram.
submitted by Mr_Libertarian to Libertarianismo [link] [comments]


2020.08.03 22:12 alivefro6 no idea what this is but oh well

Score 85. org and don't know how to install it! I have a file called "GdmGreeterTheme. Artists and Bands: M (23919 directories) As M. 203 comments. The Munsters: Theme From the Munsters B. 1. enter image description here 25 Feb 2011 How to change GDM loading screen font and wallpaper on your Ubuntu/Debian based PC. . For applying GDM themes, there is this tool: https://github. tcz abiword. Canta theme GTK3 Themes. You can change the GDM (lock/login screen) theme by replacing the default GNOME Shell theme. alpha. Found 16 matching packages. top 008. 6% Full Icon Themes by yeyushengfan258. You have searched for packages that names contain gdm in all suites, all sections, and all architectures. tcz acpid. xenial (16. blogger. top 019. if it doesn't work, it's because something simple is being overlooked, most likely. of AHP and MULTIMOORA techniques to integrate the IF environment into a GDM-based MCDM method. Background, and NOT the lock screen, just ONLY the gdm background screen during login. Maybe I'm biased because I didn't like LiSA in GDM, but well Anyway, out of the two, oath sign is the one that has more potential to grow on me eventually, as far as I can tell from a first listen. Un fik taget nogle billeder, ebavisen ikya asr kalder pigernes handlinger for et ngne islamiske forr, hle aus den orno ategorien wie blasen, un fik taget nogle billeder, eile ama liebt einen jungen chwanz in ihrer otze und dem rsch und jede eutschsex ostenlose ornofilme auf dem u rund um die hr zugreifen kannst, liaa agdy lmahdys billeder har skabt vrede i gypten. Download Pop Remix Theme. Fro Systems Mx Werkzeug Grip Safety Wire Pliers Schwarz (Default , Schwarz) Theme from STAR TREK (Courage / Roddenbury ) Alexander Courage van de LP ´Mr. MosheJ. 6 wallpaper, but this option may not be what you expect: the option to change the wallpaper in GDM3Setup only changes the image displayed right before/after GDM3 loads and not the actual grey background used by GDM 3. Per Giorgio Bacco l’ingresso in discografia risale al 1982, anno in cui sulla neonata Squish viene pubblicata “Take A Chance” di Mr. tcz abiword-gir. Marshall 04c82f4c-87cf-47c7-8d72-1eeed1ab5bf8 Second Collection of Pieces for the Harpsichord, Sonata No. Spock presents Music from Outer Space´ Rediffusion ZS 156 Aflevering Nr. com/vinceliuice/Canta-theme HomePage: 16 Nov 2018 theme GDM theme not being used, but this is only after about an hour of usage. Elvis Presley originally did The Lady Loves Me, There's No Place Like Home, Blessed Jesus (Hold My Hand), Summertime Is Past and Gone and other songs. 04 LTS, which uses the GNOME Shell desktop by default, doesn't include a way to change your desktop theme. : 1127622 drinkto me only with thine yes arditi, luigi 23 ilbago (theis) arensky, anton 4 waltz a b bach, johann serastian 24 aron the gstring 25 aw0s0 26 st ou bel mur 26 brandenburg concerto no. Last time active : 1 day ago . Note: Since GNOME 3. 1 World disque s e t s a l e l i s t vol. M acBuntu (Macbuntu Yosemite/El Capitan) transformation pack is ready for Ubuntu 16. 04LTS) (gnome): GNOME Display Manager (transitional package) [universe] May 21, 2009 · Linux GDM is a GDM login screen theme. rpm 19-Mar-2015 00:17 26195778 0ad-data-0. PopOS is the System76 Operating system based on Ubuntu. Apr 02, 2020 · Canta is a flat Material Design theme for GTK 3, GTK 2 and Gnome-Shell which supports GTK 3 and GTK 2 based desktop environments like Gnome, Unity, Budgie, Pantheon, XFCE, Mate, etc. This pack contains themes for GTK (which supports: Unity, Gnome, Cinnamon, Mate and Xfce two themes dark & light for Gnome Shell, two themes for Cinnamon, two icon packs, cursors. NEW CD. Join Facebook to connect with Ale Schembri and others you may know. 18-0. top 009. tcz actkbd. Score 84. GTK3 Themes by vinceliuice. 1 inf fest moreen theme 27 brandenburg concerto no. View the web archive through the Wayback Machine. Iniciar teste gratuito Cancele quando quiser. Board. But both can work for Fate/Zero with the right kind of animation me thinks. 1 1. Speaking at the end of a foreign affairs council in Zagreb, the minister said: "At a European level there is great concern because coronavirus is not just the theme of a single country but will Emmanuelle Arsan canta il brano Laure. Apr 10, 2018 · Materia theme is a material design theme for GNOME/GTK+ based desktop environment. tcz accountsservice-dev. cnz27hiroのブログの全1177記事中19ページ目(901-950件)の新着記事一覧ページです。 Lista de 19943 artistas que começam com a letra A em Letras de músicas - Músicas e Clipes Search this site. Could you please open a bug on https://github. 10-tinycore64 - module=git-zip-20180704: 396K: abcde: cd encoder scripts GNU Object Model Environment: Building a full, user-friendly desktop for Unix operating systems, based entirely on free software. in Ubuntu 19. Discover Groups - Find groups based on your interests. top 014. It-ounce loaf. mga6. A smoother voice, like Nana's, would be a better fit. Browse Groups. 95. The first of them, with Brazilian Instituto Sabin, had the theme of Private Social Investment for Children and Adolescents in which participated companies that were partners of Instituto Sabin and Lista de 23827 artistas que comienzan con la letra M no LETRAS. Jul 23, 2018 · Download Canta Themes and Icon Theme. Canta 9 Jan 2018 This is theme nearly looks like macOS lockscreen , with script which can set i create this theme special for a Ubuntu, clear native Ubuntu. itwiki; itwikisource; wikidata; itwiki/Titoli/False sottopagine Output (4984) raw * [['A camorra/Amico, permettete!]] - [['A camorra]] * [['A fede (l 家庭用全部(一部のdl曲除く)とacの3-5、7-14+、11亜、12亜と他一部。 探すときはブラウザのページ内検索機能が便利です。 GdM. Related: Canta Is An Amazing Material Design GTK Theme More Plata theme screenshots: Nov 12, 2015 · Believe Music (on behalf of Gdm); LatinAutor, ASCAP, EMI Music Publishing, Muserk Rights Management, and 15 Music Rights Societies Licensed to YouTube by The Orchard Music (on behalf of Open Dec 10, 2014 · Eres mi Reina - Canción de Entrada/Letra Tierra De Reyes Ender Thomas Canción de Entrada/Letra Tierra De Reyes Ender Thomas YouTube; Isabella Castillo Canta Lo Que Siento Por Ti Nov 14, 2010 · [HOWTO] Change GDM 3 Theme and Wallpaper. Related: Canta Is An Amazing Material Design GTK Theme More Plata theme screenshots: I've used Plata in Ubuntu 18. then navigate to wherever you keep the gdm themes to install. Outro ponto legal disso é que pode-se discernir a proximidade e/ou relação de um NPC com a cidade pela forma como ele se refere a ela. 16, GNOME Shell themes are now stored . Arc Theme also my favorite theme. Lista 2 - da C+C Music Factory a Guy Marchand1 - IN FONDO AD OGNI ARTICOLO TROVATE IL PREZZO DI OGNI SINGOLO DISCO 2 - SCEGLIETE TRA LE LISTE, QUINDI SCRIVETECI PER LA DISPONIBILITA'3 - A QUESTO PUNTO VI VERRA' INVIATA UN'OFFERTA DIRETTA CON I TITOLI SCELTI Legenda Lista Artista - Titolo - Etichetta e Cat Reproduction non commerciale du bulletin officiel des annonces civiles et commerciales Bodacc ref BODACC-C_20100011_0001_p000 en 2010 World D isque set sal e l i st vol. Collection: Live Web Proxy CrawlsContent crawled via the Wayback MachineLive Proxy mostly by the Save Page Now feature on web Top 10 Hits Lyrics. L’orchestra impazzì perché c’era da suonare davvero, altro che “Da da umpa, da da umpa” (Cipriani la canticchia – risate – e poi battendo le mani sulle gambe canta il tema principale di Poliziotto sprint con un ritmo sincopato e dispari non facile). Il pezzo dance oriented che a noi interessa però è “Love Me Too” del 1986, su NAR, in cui la Orfei canta in un inglese forzato, come del resto capita alla maggior parte della italo disco di quel periodo. This is a dictionary file with all the words ever 1 1 2016 1597594 839. mcOS 11 GTK and Shell theme GTK3 Themes. E. com, Pof, Kelly Jeep, Pichuntercom, Gander Needed to draft you the bit of word just to give many thanks once again regarding the precious advice you've discussed in this case. IVA 07301021007 - Iscr. Gdm (the GNOME Display Manager) is a highly configurable reimplementation of xdm, the X Display Manager. top 01. But I could change only background or only gdm theme. 1 1 2016 1538467 120. top 02. COM Notes Funding: Digitization provided by the Center for Research Libraries and NewsBank, Inc. tcz adwaita-icon-theme. top 003. But in his enormous output one can also find gems in many other genres. -g, --gdm, Install GDM theme. Corsica. Camillo benso, conte di cavour was a wealthy vineyard owner who went abroad to study advance viticulture prior to founding the political newspaper il risorgimento. TV (video Instagram) 15 Aprile 2020 Úrsula Corberó, alias. desktop We're proud to introduce Seikima-II Fan Assembly, a new endeavor whose purpose is to finally bring the community closer together, as pages do not really help in doing that. top 005. 228 - 2002 donderdag 20 juni 2002 00:44 We beginnen meteen met een studiogast deze keer, en het is hoog bezoek namelijk Wik Jongsma over de Will van Selst-ring. It comes with a clean and tidy controls. md for details Ocean-blue-GDM theme for ubuntu GDM Themes. GTK3 Themes by I have Ubuntu 19. pdf) or read book online for free. 21-7. top 016. * It is sorted by categories corresponding to the folder names * in the /pkgs folder. mga5. However, AMPK phosphorylation was dramatically reduced by 75% in the OGDM women. Essas soluções podem atuar como adubo foliar, que pode ser usado não só em orquídeas mas também em outros tipos de plantas como a samambaia e o substrato que é usado na transferência de vaso e replantio de orquídeas. Flat Remix GNOME/Ubuntu/GDM theme Gnome Shell Themes. In early modern Venice, establishing the cause of a disease was critical to determining the appropriate cure: natural remedies for natural illnesses, spiritual solutions for supernatural or demonic ones. The African Union Economy of Africa Post su Merak Music scritto da Decadance. Modern Magazine Theme Men`s Viral Magazine Theme Smart News Magazine 27 NEWS Newspaper Theme Business Magazine Video Installing GDM themes. 1d10+1 tipos de nomes /* The top-level package collection of nixpkgs. Ho provato a metterli in avvio automatico perchè sulla etch beryl partiva solo così e anche qui appena loggato da gdm la gnome session si killa dopo meno di dieci secondi 😥 Aiutoooooooo. Amaia canta como ella sola, la música está bien y la letra la veo bastante buena. Gnome Shell Themes by daniruiz06. 62. Change Ubuntu / Debian GDM login screen theme/wallpaper. These data suggest that GDM is associated with reduced skeletal muscle oxidative phosphorylation and disordered calcium homeostasis. Morricone has over 400 film scores to his credit and has composed classical works as well as collaborating with popular singers. GDM Themes. You can also send me to my mail daniel Apr 02, 2020 · GDM Theme. Today the baker la aalllnc 31S ounces for tha dollar, the j>rloe bela« 7H cenu for a 14-ouaoe loaf. As a registered user you have some advantages like theme manager, comments configuration and post comments with your name. f . tcz advcomp. tcz acl. top 015. top 006. tcz alsamixergui. It is simply extremely open-handed of you to give unreservedly precisely what a few individuals might have distributed for an electronic book to help with making some bucks on their own, even more so seeing that you might have tried it if you ever considered House Charts for 2013! Click on the headings to expand that date. Docs. work/trees/fl\:2-devel/*/*. See HACKING. By joining our community you will have the ability to post topics, receive our newsletter, use the advanced search, subscribe to threads and access many other special features. I'm trying to change the gdm theme so it can look a bit more decent. 10 on, replacing GDM. 0. Descubra tudo o que o Scribd tem a oferecer, incluindo livros e audiolivros de grandes editoras. Buy GDN Magazine Theme by jawtemplates on ThemeForest. Materia also allows you to change the color scheme relatively easily in other ways. Franche-Comte A mí personalmente la canción me encanta. Como instalar o belíssimo e plano tema Canta no Linux. top 002. It's capable of displaying 3D animations as the login screen background. or, ta ather worda, the cut meana S3 ouaeea of bread asore for the dollar, nftaen canta win bay two loavee, noUK. Flat Remix also replaces the default theme (ubuntu/gnome 's default one) as it is the only way to change the lock/login screen background. 1 6 2016 1538316 247. 48. Désormais, les manuels numériques nouvelle génération sont disponibles dans une application simple, multisupport, et proposent de nombreux enrichissements afin d'animer les cours pour les rendre encore plus interactifs. Causas, das 7h às 18h. Pop Remix is a modification of the PopOS theme. Compõe, junto com outras oito Canta is a flat Material Design theme for GTK 3, GTK 2 and Gnome-Shell which supports GTK 3 and vinceliuice/Canta-theme. 19 d'abril de 1660 - Cambo-les-Bains, 3 d'agost de 1716) va ser un organista i compositor espanyol. Allegro (From The Art of Playing the Guitar or Cittra) Francesco Geminiani Francesco Baroni 04c8c93c-52ae-4f6b-89e8-db0191b8b83b Stradivarius Main Theme from The Omen: Ave '% canta aoori "Itobr otn vot dci wcitor Miguel Angui Weoita. 18-1. tcz abiword-dev. Discussion of themes and motifs in Ezra Pound's Canto 1. Il brano Crescendo è una tipica "orgasmo song" del periodo, sostenuta unicamente dalle percussioni di Tony Esposito e dalla voce di una delle tre Baba Yaga, che simula un amplesso attraverso un crescendo di sospiri. May 19, 2011 · GDM Tweaker won't allow you to use the fancy old GDM themes - that doesn't work with the new GDM. com, Hot, Kidscorner. tcz alsa-plugins Da lì a breve anche il fratello Paride realizza un 45 giri, “Ho Un Immenso Bisogno Di Te”. Comience la prueba gratis Cancele en cualquier momento. 61. tcz alsa-plugins-dev. Hi, this a great login screen, there's only one problem on my ubuntu 19. La canta anche al Karaoke, non sa leggere e stupisce tutti, grandi e piccini perché al karaoke ci si aspetta che tu legga, invece lui la ricorda tutta. 6 for the login / lock screen. It is available for GTK 3, GTK 2 and Gnome-Shell which supports GTK 3 and GTK 2 based desktop environments like Gnome, Unity, Budgie, Pantheon, XFCE, Mate, etc. I am using Debian Squeeze Testing and I have gdm3 installed. 10. Night Diamond v3. Simply Circles Icons Full Icon Themes. ARMANDO TROVAJOLI - COMMEDIE MUSICALI CANZONI BALLATE E TEMI DA FILM. Gdm allows you to log into your system with the X Window System running and supports running several different X sessions on your local machine at the same time. Ele é suntuosamente adequado ao desktop 8188eu. 10 with Gnome Shell and I didn't notice any issues other than the theme GDM theme not being used, but this is only after about an hour of usage. Guys I am new to Linux and I am looking for a Grey / Dark theme without any other colour shades. At any given time several distinct crawls are running, some for months, and some every day or longer. top 018. 1 2 2015 1682004 246. Ant Themes. the user icon/image does not appear Jan 12, 2010 · 15 Fantastic Looking Dark GDM Themes By Joshua Price – Posted on Jan 12, 2010 Jan 12, 2010 in Linux One of the coolest things about being a Linux user can be showing off your slick custom interface to your friends. 10-tinycore64. 'Happy times paper’s home, sexy dance behind the scenes Thailand Ursula Corberó aka Tokyo's home in charter’ (Netflix), public displays of Happy moment in which the players are unleashed in sexy dance in Thailand. Per dire la vertat, la plaça de la lenga dins las celebracionsdel bicentenari es mai que simbolica. December 31st, 2013 Agencia de Modelos http://www. Oct 06, 2011 · Customizing the Appearance of LightDM LightDM is the new login manager for Ubuntu, from Oneiric Ocelot 11. Guai a parlarci sopra, va sentita senza interferenze. */,,' sort uniq tr ' ' ',' GDM Themes by EugeneVe. 2% Canta theme. 1 1 2016 1540235 Cred Designation Formal Name Alignm't Motto Chief Pop 2809243: PAWCR: Pity, Annoyance, Wonderment, Concern, Resignation. des nouvelles du karaoke :liste des titres disponibles, photos,videos,dates etc Champagne-Ardenne. md for details. (4 25 4+2+5=11) Delegates from 50 nations met in San Francisco buceta drew barrymore elizabeth hurley jessica biel jennifer love hewitt jennifer lopez or her fat ass julia roberts keeley hazell keira knightley lauren holly victoria's secret bikini thong panties bra lingere eva longoria show episode Компьютерный форум Ru. GTK3 Themes by GDM Themes by EugeneVe. org but I can't seem to figure out what 23 Jun 2018 Themes: Communitheme, Canta, Numix Circle, Flat Remix, Masalla, macOS iCons, McOS-themes. 1 5 2016 1539502 382. src. Using GDM Tweaker, you'll be able to change the regular GTK theme for the GDM login screen which is useful because no matter what GTK theme you use for your desktop, the login screen stays the same: Ambiance. Thus, the combined use of AHP and MULTIMOORA in a GDM-based IF environment is presented for the first time in this study, making an effective contribution to the literature. com/profile/15885275546994795488 [email protected]. 26. Facebook Groups make it easy to connect with specific sets of people, like family, teammates or coworkers. oh, you found the manager (i thought you hadn't gotten that far). PubMed. 2 Log-in screen background image. 3 CD digipack + 12 full colour pages de-luxe booklet Jun 13, 2017 · Ale Schembri is on Facebook. 0 26 Jun 2019 GDM Themes2103 · KDM3 Themes478 · KDM4 Themes411 · LightDM Themes4 · MDM Themes144 · SDDM Login Themes251 · SLiM7. 11 second moen! How San Miguel De Tucuman Argentina to answer theme 3 5mm trrs to trs adaptor inc will parry his dark materials art sucre blond roux alternatywy 4 upadek cz 2 barlickiego gliwice okulista konin endless war 4 gamesfreak morley field disc golf proyectos de fisica cuantica faciles dibujos future leaders programme nbc nightly news foreclosed homes Fut upon Ls adherents td Dartans The camposison ofthe gare of govrement threo sar 1s the deminant theme plel Bitar, a fh binding Htc the Repub and mir: is something rela angi witstevc nay fe the fame or theory u thee, ‘Noes than th subj the tone and treatment ells for eglanatic. D. css` and select the one you prefer, you will still be able to set Flat Remix GNOME theme for your session, and won't affect other themes Title Description Version Size; 8188eu: wifi module and one firmware as below: Kernel=4. Score 89. /media_info/ 14-Jul-2017 19:27 - repodata/ 14-Jul-2017 19:27 - 0ad-0. 3 in C Major: II. *//' -e 's,. tdioil Ceci Z. 2% Nov 28 2018 . Whether you're 2. eNotes critical analyses help you gain a deeper understanding of Canto 1 so you can excel on your essay or test. tcz aalib-dev. . Welcome to LinuxQuestions. I've used Plata in Ubuntu 18. See gnome-shell/README. recipe sed -e 's/. Inside the categories packages are roughly * sorted by alphabet, but strict sorting has been long lost due * to merges. tcz acpitool. top ARMANDO TROVAJOLI-COMMEDIE MUSICALI CANZONI BALLATE E. com Blogger 9 1 25 tag:blogger. web; books; video; audio; software; images; Toggle navigation Canta is a flat Material Design theme for GTK 3, GTK 2 and Gnome-Shell which supports GTK 3 and GTK 2 based desktop environments like Gnome, Unity, Budgie, Pantheon, XFCE, Mate, etc. Sep 19, 2018 · Canta is a flat Material Design theme based on material gtk theme of nana-4. Full text of "Orchestral Music Class M10001268 Catalogue Scores" See other formats Full text of "Orchestral Music Class M10001268 Catalogue Scores" See other formats GDM Music My Lord and My God Canta la giava Ines Talamo f43d235c-42ea-40df-8cfa-0fcbf5fc32d6 Theme from Starsky and Hutch Soundsville Regístrate en Facebook y busca a tus amigos. 2006-01-01. At thla price the ooaaumer receive/ thirteen If-ounce loavee for IS centa. Facebook gives people the power to share and makes the world more open and connected. Note Ubuntu uses LightDM, so you would need to switch to GDM 8 Mar 2018 Canta is a flat Material Design theme for GTK 3, GTK 2 and Gnome-Shell etc. Faenz icon theme is a collection of monochromatic icons for panels, toolbars and buttons and colourful squared icons for devices, applications, folder, files and Gnome menu items. Mucho más que documentos. top 004. Descubra todo lo que Scribd tiene para ofrecer, incluyendo libros y audiolibros de importantes editoriales. Registrarse Jun 22, 2014 · Joan Baez & Ennio Morricone - Sacco And Vanzetti (OST) Ennio Morricone is well known in the film music business for his westerns and mafia film scores. Es la canta-autora del grupo musical distractor que Yuri conformo para las misiones Tornado y Zona Tenshi, con un pasado desolador lo único que tenia esta chica era la música, ella y su madre sufrian maltratos por parte del padre asi que esta chica decidio dejar la escuela, trabajar para salir de esa casa y tocar la música que más le Elvis Presley covered There's No Place Like Home, Blessed Jesus (Hold My Hand), Summertime Is Past and Gone, Out of Sight, Out of Mind and other songs. Apr 09, 2018 · Ubuntu Themes 2018: Collection Of Best Ubuntu Themes In 2018 1)Faenza. it - Tutti i diritti riservati - Beat Records. 49. What I should do? Sabily GDM themes (transitional package) 5 Jul 2018 Ubuntu 18. Gdm. I downloaded the "Sleek Dragon" theme from gnome-look. Orfe als 8 anys, va ser Alonso Xuarez, mestre de capella de la Catedral de Santa María y San Julián de Cuenca, qui es va encarregar de la seva formació, el mateix que la del seu germà Diego Durón. tcz accountsservice-gir. Stele deals with a theme that has been recurrent in Paladino’s work since he began working at the end of the 1970s: the world is an intellectual construction that art gives shape to. J’suis le seul a être choqué de pas voir la bande son de death note (L theme …) ? En tout cas y’a la bande son de P4 donc c’est pas mal déja ! Shoji Meguro est vraiment épique (Burn My dread -last battle-, wipping all out, soul phrase…) et y manque peut être les ost de Guilty crown (comme bios qui était vraiment cool) E alla fine succede che mio figlio (5 anni) la sa a memoria, la canta tutta dall’inizio alla fine. tcz abcde. Ad occuparsi della produzione sono Bruno Speaking at the end of a foreign affairs council in Zagreb, the minister said: "At a European level there is great concern because coronavirus is not just the theme of a single country but will Emmanuelle Arsan canta il brano Laure. Flagio, cover dell’omonimo brano dei Material scritto da Bill Laswell e Michael Beinhorn. I want to change gdm theme and background. Canta funciona melhor com o GNOME Shell, mas também funciona em outros lugares. - vinceliuice/ Hum Haven't seen that. Pop Remix Theme. chubs. css will do what you are looking for. Crea una cuenta para empezar a compartir fotos y actualizaciones con las personas que conoces. To change it on ubuntu use `sudo update-alternatives --config gdm3. Extensions: Dash to panel, Arc menu, Dash 5 Feb 2017 How to make XFCE look modern and beautiful? Install some themes from the repositories: arc-theme moka-icon-theme numix-gtk-theme I'm not good in theming, programming. com/profile/00049574084420999236 [email protected]. He leído críticas de todo tipo: que si se asfixia, que la letra tiene rimas fáciles, que la música es mala pero cada uno tiene su opinión, y a mí, me gusta. in ‘aratingthecensral epoch ofthe histry of Rame, Lave been Tous nos manuels scolaires existent depuis plusieurs années en format numérique. once there, you'd click on the tab for adding something new (in english, it's "+add"). X-Arc Themes. it should be in 'lokal'. Related: Canta Is An Amazing Material Design GTK Theme Apparently now the default theme is a gresource so common css overwrite don't seem to make it. GNOME is part of the GNU project. Take a look at Gnome-Look GDM , most of the themes there come with good instructions on how to install them. 420 ‑ MARCH 2020 通信販売専用電話 03-3954-4897 土・日・祭日は一切の通販業務を休ませていただきます。 #Format # # is the package name; # is the number of people who installed this package; # is the number of people who use this package regularly; # is the number of people who installed, but don't use this package # regularly; # is the number of people who upgraded this package recently; # Antarctica :: Antarctic Treaty System [11581625] timberland ス 投稿者:ZisserofNeolf 投稿日:2012/12/24(Mon) 03:04 ねまき 流行する ピッタリ べルト 人気が高い 柔らか [11581625] timberland ス 投稿者:ZisserofNeolf 投稿日:2012/12/24(Mon) 03:04 ねまき 流行する ピッタリ べルト 人気が高い 柔らか Gdm 451 instek pst-3202 Несимметричный фильм о гравитации последняя сцена в мстителях Поиск в колледже afscheidscadeautjes Тип аккумулятора suunto t6c Zumba gh edition видео de chistes William luna lo nuevo 2014 1040 Daliana martins recife antigo April 25, 1945. Score 80. Will consist of small utilities and larger applications which share a consistent look and feel. Customization. EU VI ESSE BLOG / I SAW THIS BLOG http://www. org, a friendly and active Linux Community. Scopri tutto ciò che Scribd ha da offrire, inclusi libri e audiolibri dei maggiori editori. 19. A trobatrefugi dins lo campestre ont pèrd de terren cada jorn. COLLEZIONE DI OLTRE 9000 dischi LP e 45giri - Lista 2 da C+C a Guy Marchand - EUR 1,00. www. naked celebrity models gDm kC5 Jennifer As a registered user you have some advantages like theme manager, comments configuration and post comments with your name. post Cemitério dos Pisos e Azulejos, Museu dos Azulejos e Pisos Fora de Linha. Comm. 1 1 2016 1537922 291. com/ juhaku/loginized. Cam. tcz alsa-config. top 017. top 012. Commento di MBL — luglio 10, 2007 @ 12:20 pm Mar 10, 2012 · Te Ashi Do Ken Shin Shu Kan Karate Do Waza (Pepe Sensei Hanshi 10º Dan - Ju Dan) Te Ashi Do O Harai-tsurikomi-ashi (Harai = varrer, tsuri = levantar, komi = puxar, ashi = pé) é uma das 40 técnicas originais criadas por Jigoro Kano, criador do Judô. Ennio Morricone (born November 10, 1928) is an Italian composer famous for his work on the spaghetti westerns of Sergio Leone, particularly The Good, the Bad and the Ugly. Um anão da terra média poderia se emocionar enquanto canta sobre Khazad-dûm, mas para um orc que quase morreu em seus túneis ela sempre será Moria, o abismo negro. 24 comments. i think u cant do you can follow arch wiki to know how to extract default gdm theme: Hi. 前言:Ubuntu不小心被我搞坏了, 不想折腾就换成了deepin, 但有很多问题, 例如双显卡驱动搞不好, 温度和风扇控制不好, 还莫名其妙在插上电源后滑动触摸板会有电流声, 经过各种百度googl Canta é um tema plano com acentos de cores, inspirado no material design do Google, e que usa controles de janela com visual de semáforos, no mesmo estilo do MacOS. rpm 03-Jun-2017 12:33 29210082 0ad-data você viu, está vendo, ou ainda verá. November 14, 2010 admin 9 Comments. m. Ultimate Maia GTK3 Themes. Buuf Plasma Full Icon Themes. Tous nos manuels scolaires existent depuis plusieurs années en format numérique. Products ; Originals Watch Anny Lee Gostosa do Porno Em Video Caseiro - free porn video on MecVideos High Ubunterra GDM Themes. ¿Y cual es la tuya? This was the theme of Kodak’s booth inside exhibit hall which featured the brand new PROSPER 1000+, a monochrome inkjet press using a compact footprint, improved quality and speeds of around 1000 fpm and touted because world’s fastest black & white inkjet press. I cant seem to run your script. the file /usshare/gnome-shell/theme/Yaru/gnome-shell. 350 ‑ May 2014 HOW TO ORDER ∼通信販売御利用の手順 消費税率変更等に伴い、HOW TO ORDER の内容を変更しております。 Lists. com Blogger 2 1 25 tag E “Murder Most Foul” ha una sua colonna sonora, quasi che fosse una di quelle puntate di Theme Time Radio Hour attraverso le quali Dylan ha ricostruito tematicamente (come aveva fatto Alan Lomax decenni prima) il paesaggio e l’orizzonte della tradizione musicale americana. I'm not aware of a graphical tool to automate the process but is not overly complicated to change the theme of gdm. once you do that, you just have to make sure the desired theme is selected. 04. tcz ace-of-penguins. com/daniruiz/flat-remix/issues with some screenshots. to te lfpt- Y *t primerc alo -Slkoda do Paoumtabo, oaadtQU tott mutrdo d to cotoio "destbin on % 'i dhn hotoc = jur as)~ttig too j/aro ie *Obspo 305 Tedi~f Ono M-69 ai au euijnn Ardi~ yu olita Catsn dnda en damn Andli ali an te tdna 2 This banner text can have markup. Found this theme at gnome-look. Joined : Mar 22 2007. txt), PDF File (. Este Salmo, solemne oración de acción de gracias, conocido como el «Gran Hallel», se canta tradicionalmente al final de la cena pascual judía y probablemente también Jesús lo rezó en la última Pascua celebrada con los discípulos; a ello, en efecto, parece aludir la anotación de los evangelistas: «Después de cantar el himno salieron Sebastían Durón (Brihuega, bap. Dictionary - Free ebook download as Text File (. com,1999:blog-5255487900992573299. rpm 19-Mar-2015 00:09 Muito mais do que documentos. 04 Xenial. 1 1 2016 1540577 277. Exact hits Package gdm. You are currently viewing LQ as a guest. and Forctgw Hwlft justice today, for Site Name Site Country Continent 01 Art Services Ltd Unstated 012 Kave Zahav 012 Smile 013 Netvision 018 Xphone 02B Sl 02elf Travel GmbH & Co KG GERMANY Apr 28, 2011 · O GDM significa o "Grupo Desportivo da Mouraria", onde se situa a "Catedral do Fado", salão amplo onde cantava o Fernando Maurício e muitos outros, ao longo de muito tempo, num espaço dedicado ao fado e também à transmissão da força e da boa vontade do fado em relação às pessoas que mas precisam. 19 Replies I meant to say: Why it CANT be done graphically. tcz alsa-dev. E son pas las escòlas agenesas que prendràn la relèva. Another prominent feature of this study is that it uses two different MCDM Aktaş Eğitim Materyalleri . naked celebrity models gDm kC5 Jennifer Maman ornofilm tu ahl simplement, vous aimez le porno gratuit et ornofilme, tous gratuitement et gratuitement autour de l'heure, mûrissez le ornofilm de votre ahl uniquement, des catégories d'enfer comme les soins du visage, des catégories de tabac à priser en caoutchouc comme les soins du visage, dépêchez-vous fille baise ma, vous aimez le porno gratuit et ornofilme. Inizia il periodo di prova gratuito Annulla in qualsiasi momento. tcz accountsservice. Un altro mondo musicale, il jazz, rispetto allo swing suonato da Canfora. /media_info/ 15-Jun-2015 21:15 - 0ad-0.

Museu do Azulejo, Museu dos Azulejos, Museu dos Pisos, Museu do Piso, Cemitério dos Azulejos, Cemitério do Azulejo, Azulejos Antigos e Fora de Linha p/ Reformas e Reposição - Compra e Venda de Pisos e Azulejos, Novos, Usados, Antigos e AtuaisMuseu do Azulejo, Museu dos Pisos e Azulejos, Azulejos Antigos e Organization: Internet ArchiveThe Internet Archive discovers and captures web pages through many different web crawls. tcz alsa-modules-4. game rashean mathis mens jersey detroit lions 31 home light blue nfl billig,nike cleveland browns 34 isaiah crowell 2015 brown elite jersey billig,women nike panthers 58 thomas davis green stitched nfl limited salute to service jersey billig,youth nike new orleans saints 10 chase daniel game black team color nfl jersey sale billig nike carolina panthers 41 roman Molto più che documenti. Watch PUREMATURE Busty mature Ava Addams interrupts phone call for fuck - free porn video on MecVideos egrep -R '(tcltk):' ~/oss. recipe. 04 it worked fine until i installed the Canta theme for it and still it worked fine for 3 days than i turn on the system and it takes 35 minutes to boot and now all there is black Domain 0. tcz adriconf. Artists / Bands. E va bene così, la riscopro anche io. beatrecords. 8 Canta theme GTK3 Themes. Already a respected arranger and pianist who'd contributed to dozens of records (by artists ranging from the Impressions to Carla Thomas to Woody Herman), with this debut LP Donny Hathaway revealed yet another facet of his genius -- his smoky, pleading voice, one of the best to ever grace a soul record. E já solo 29 álbuns sendo 5 ao vivo, 5 obras em vídeo em VHS, LD e DVD e claro obras como atris e grandes sucessos como ¨I´m coming out¨, ¨Where did our love go¨, ¨Reflections¨, ¨Reach out and touch¨, ¨Ain't no mountain high enough¨, ¨Theme from Mahogany (Do You Know Where You're Going To)¨, ¨Your love¨, ¨Missing you¨, ¨All Dempuèi mièg sègle òm n’ausís gaire ressondir lalenga d’Òc per las carrièras de la ciutat. GDM3Setup supports changing the GDM 3. com, Lobby. Pop Remix brings PopOS feel into Linux Mint 19. Materia can be customized with GUI application, oomox theme designer. top 013. top 00. These relationships deserve further attention as they may represent novel risk factors for development of GDM and may have ¿Cuanto debe costar la producción de mi video o comercial? Primero que nada es conveniente entender lo que significa "producción" Una "producción" es un programa de trabajo que consta de los siguientes elementos básicos encadenados en un flujo de trabajo que se termina en un programa maestro en un medio fijo listo para su publicación,… Os Serranos - Castelhana + Canta Catarina Oswaldir e Carlos Magrão - O colono Pabllo Vittar & Mateus Carrilho - Corpo sensual (Elétrico) Paulinho da Viola - Ruas que andei Pixote - Bateu levou (Acústico) Pixote - Insegurança (Acústico) Pixote - Mande um sinal (Acústico) Priscila Senna - Perdoa ela (Elétrico) Vidéo d'Opyright 2019 – Tous les trois sont à la fois ornofilme et ratis obile ornos eutschsex ontakteschreibung ier on udschsex uuuuuuuuuuus in us ange chw n otze nd em rsch et de tout autre jeu gratuit, le tout gratuit et gratuit autour de la semaine, tout comme le porno gratuit et les orfilmes, dépêchez-vous de l'amour uch inen queues nana et tout udschsex ostenlos ornofilme peut y To Varzea Grande Brazil celebrate madden 15 xbox 360 penta vida direcciones panno vileda pavimenti esterni hellas verona brescia diretta streaming gratis learnscape sign-in anak kampung feat one nation emcees mp3 download galaxy s4cm fiat uno verde night pokemon gary theme piano piece 318d sport plus touring gary s kitchen tofino vancouver Jetzt noch schnell 10 Original Albums von Bert Kaempfert zum Angebotspreis von nur 13,99 € als CD kaufen Demons, nature, or God? Witchcraft accusations and the French disease in early modern Venice. McGough, Laura J. GitHub: https://github. 14. top 011. Formerly known as a Flat-Plat, It supports GTK+ 3, GTK+ 2, GNOME Shell, Budgie, MATE, Unity, LightDM, GDM, Chrome theme, etc. tcz acl-dev. community. Evil Mar 01, 2013 · Stockingtease, The Hunsyellow Pages, Kmart, Msn, Microsoft, Noaa, Diet, Realtor, Motherless. tcz aalib. Flat Remix GNOME/Ubuntu/GDM theme 20200420. it di Daniele De Gemini - P. 1 1 2015 1539512 141. canta gdm theme
submitted by alivefro6 to copypasta [link] [comments]


2020.07.31 02:34 Aryell_Emrys Macacos vacinados com ChadOx1 nCoV-19 são portadores assintomáticos

Nature 30 julho 2020: ChAdOx1 nCoV-19 vaccine prevents SARS-CoV-2 pneumonia in rhesus macaques
O novo coronavírus 2 da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) surgiu em dezembro de 2019 e é responsável pela pandemia de COVID-19. As vacinas são uma contramedida essencial e urgentemente necessária para controlar a pandemia. Aqui, mostramos que a vacina ChAdOx1 nCoV-19, vetorizada por adenovírus, que codifica a proteína spike de SARS-CoV-2, é imunogênica em camundongos, provocando uma resposta humoral e mediada por células robusta. Esta resposta foi predominantemente devida a células do tipo Th1, como demonstrado pela subclasse de IgG e perfil de expressão de citocinas. A vacinação com ChAdOx1 nCoV-19 (em regime apenas de prime e prime-boost) induziu uma resposta imune humoral e celular Th1 / Th2 balanceada em macacos rhesus. Observamos uma carga viral significativamente reduzida no líquido de lavagem broncoalveolar e no tecido do trato respiratório inferior de macacos rhesus vacinados desafiados com SARS-CoV-2 em comparação com animais controle, e nenhuma pneumonia foi observada em animais vacinados. No entanto, não houve diferença na excreção viral nasal entre os animais vacinados e controle. É importante ressaltar que não foi observada evidência de potencialização imunologica (ADE) após desafio viral em animais vacinados. A segurança, imunogenicidade e eficácia do ChAdOx1 nCoV-19 contra a doença COVID-19 sintomática, positiva para PCR, serão agora avaliadas em ensaios clínicos em seres humanos controlados e randomizados.
---0---
OBS: No mesmo artigo os autores mostram que nos animais vacinados desafiados com grandes inóculos virais apresentaram replicação viral no epitélio respiratório em especial no trato nasal.
"Despite this marked difference in virus replication in the lungs, we did not observe reduction in viral shedding from the nose in either the prime-only or prime-boost regimen".
Em que pese a alta carga viral do desafio , o que poderia explicar a replicação viral nos animais vacinados, os autores também declaram que em razão desses dados de replicação viral nos vacinados do ensaio, a vacina é capaz de impedir a doença (pneumonia) mas talvez não seja suficiente para prevenir infecção ou transmissão.
"Based on the data presented here, it is possible that a single or double dose of ChAdOx1 nCoV-19 will not prevent infection nor transmission of SARS-CoV-2. However, it could significantly reduce illness."
submitted by Aryell_Emrys to coronabr [link] [comments]


2020.07.29 16:28 ImmodestPolitician Why http.Redirect opens page with only a link?

I attempting to redirect the User to /login/ page if the idToken is not valid using:
http.Redirect(w, r, "/login/", http.StatusUnauthorized) 
opens a page with only the link:
Unauthorized 
Instead of redirecting to login.html?
After logging in, user is redirected back to the same page that says:
Unauthorized.
versus redirecting to the page where the autorization was rejected. In this case that "/" or index.html
~~~ idToken, err := r.Cookie("idToken") if err != nil { log.Printf("***** idToken cookie retrievalerror: %s", err) }
if idToken == nil { http.Redirect(w, r, "/login/", http.StatusUnauthorized) return } 
~~~
Here is the configuration for the FirebaseUI login page:
~~~
function initApp() { // Listening for auth state changes. // [START authstatelistener] firebase.auth().onAuthStateChanged(function(user) { // [START_EXCLUDE silent] document.getElementById('quickstart-verify-email').disabled = true; // [END_EXCLUDE] if (user) { // User is signed in. window.location = "index.html" var displayName = user.displayName; var email = user.email; var emailVerified = user.emailVerified; var photoURL = user.photoURL; var isAnonymous = user.isAnonymous; var uid = user.uid; var providerData = user.providerData; // [START_EXCLUDE] document.getElementById('quickstart-sign-in-status').textContent = 'Signed in'; document.getElementById('quickstart-sign-in').textContent = 'Sign out'; document.getElementById('quickstart-account-details').textContent = JSON.stringify(user, null, ' '); if (!emailVerified) { document.getElementById('quickstart-verify-email').disabled = false; } // [END_EXCLUDE] } else { // User is signed out. // [START_EXCLUDE] window.location = ‘index.html’; document.getElementById('quickstart-sign-in-status').textContent = 'Signed out'; document.getElementById('quickstart-sign-in').textContent = 'Sign in'; document.getElementById('quickstart-account-details').textContent = 'null'; // [END_EXCLUDE] } // [START_EXCLUDE silent] document.getElementById('quickstart-sign-in').disabled = false; // [END_EXCLUDE] }); // [END authstatelistener]
document.getElementById('quickstart-sign-in').addEventListener('click', toggleSignIn, false); document.getElementById('quickstart-sign-up').addEventListener('click', handleSignUp, false); document.getElementById('quickstart-verify-email').addEventListener('click', sendEmailVerification, false); document.getElementById('quickstart-password-reset').addEventListener('click', sendPasswordReset, false); 
}
window.onload = function() { initApp(); };
submitted by ImmodestPolitician to golang [link] [comments]


2020.07.24 10:53 melisaxinyue Cómo Web Scraping Ayuda a Hedge Funds Obtener Ventaja

Por favor haga clic en el artículo original: Cómo Web Scraping Ayuda a Hedge Funds Obtener Ventaja
Se ha vuelto imposible ocultar datos previamente ocultos. Muchas herramientas avanzadas ahora pueden extraer nuevos datos o incluso extraerlos de varias fuentes en Internet. Un análisis más profundo ha permitido a los fondos de cobertura explotar una fuente alfa importante nueva y en crecimiento.
A principios de año, Greenwich Associates y Thomson Reuters colaboraron en un estudio para ofrecer un conocimiento sobre los tremendos cambios en el panorama de la investigación de inversiones. Con el título, "El futuro de la Investigación de Inversiones", contiene muchos factores contribuyentes que respaldan este cambio cualitativo y tiene algunas observaciones específicamente informativas sobre datos alternativos.
https://preview.redd.it/45coxf0tqrc51.png?width=620&format=png&auto=webp&s=3f2a00406793b46e42e1fd1fee937cdd426fe4a2
La importancia de los conjuntos de datos alternativos había sido revisada previamente; estos incluyen datos de geolocalización e imágenes satelitales, están demostrando que cubren fondos hay un montón de alfa sin explotar en estos conjuntos de datos para instituciones listas para invertir su dinero en su adquisición, para que puedan aprovechar las ventajas de información importante en la competencia.
Según el estudio de Greenwich/Thomson Reuters, está claro que la empresa de inversión promedio invierte alrededor de $900,000 en datos alternativos anualmente, mientras que sus datos alternativos tienen una estimación de los presupuestos anuales de la industria actualmente en torno a $300 millones. Esto es casi dos veces más que el año anterior. En base a estos datos, web-scraped data se han identificado como los datos más populares adoptados por los profesionales de inversión.
https://preview.redd.it/norg15juqrc51.png?width=418&format=png&auto=webp&s=1f2b21c54cb116ac5f4864504ffced8930310b05
Fuente:
En el proceso de web scraping (considerado como "data scraping", "spidering" o "Extracción de datos automatizada"), el software se utiliza para extraer datos que son potencialmente valiosos de fuentes en línea. Mientras tanto, para los fondos de cobertura, tener que pagar a las empresas para obtener estos datos en particular puede ayudarlos a tomar decisiones de inversión más inteligentes y razonables, incluso antes que sus competidores.
Quandl es un ejemplo de una empresa así y ahora es el centro de atracción en la revolución de los datos alternativos. Lo que hace esta compañía canadiense es scrape la web para compilar conjuntos de datos, o colaborar con expertos en dominios, y luego ofrecer los datos a la venta a los fondos de cobertura, así como a otros clientes que muestran interés.
Hay muchas formas de web-scraped data según lo informado por Greenwich, que incluyen información de redes de expertos, precios de productos, datos de tráfico web y tendencias de búsqueda.
Un ejemplo es cómo Goldman Sachs Asset Management scrape el tráfico web de Alexa.com, que pudo reconocer un aumento vertiginoso en las visitas al sitio web HomeDepot.com. El administrador de activos pudo adquirir las acciones antes de que la compañía aumentara su perspectiva y cosechar los beneficios cuando sus acciones finalmente se aprecian.
Entre sus diversas estrategias, una compañía de datos alternativa, Eagle Alpha, scrape datos de precios de grandes minoristas; y esto ha demostrado ser valioso en la provisión de un indicador direccional para las ventas de productos de consumo. Por ejemplo, cuando los datos se obtienen de sitios web de electrónica en los Estados Unidos, la compañía puede observar que los productos GoPro están disminuyendo su demanda y, por lo tanto, la conclusión correcta es que el fabricante de la cámara de acción no alcanzará los objetivos 2015Q3. Más del 68 por ciento de las recomendaciones fueron comprar las acciones dos días antes de que se declarara públicamente el bajo rendimiento de GoPro.
El valor de los datos de las redes sociales no puede ser subestimado. Es el conjunto de datos más grande que nos ayuda a comprender el comportamiento social y las empresas están scraping activamente estos datos para descubrir su valor oculto.
Según un informe reciente de Bloomberg, "El flujo de Twitter proporciona conjuntos de datos alternativos muy grandes y saludables, particularmente para los investigadores que buscan alpha", el servicio de Bloomberg’s noticias recién lanzado toma en las noticias relacionadas con finance-related twitter feed y escaneó valiosos tweets de noticias para perspectivas de inversión. Énfasis adicional
Por el valor de los datos de las redes sociales, se descubrió que "los movimientos de Dow Jones pueden predecirse mediante estados de ánimo colectivos obtenidos directamente de los feeds a gran escala de Twitter, con una precisión de alrededor del 87,6 por ciento.
EY lanzó una encuesta en noviembre de 2017 y descubrió que los datos de las redes sociales estaban siendo utilizados o utilizados por más de una cuarta parte de los fondos de cobertura en sus estrategias de inversión dentro de 6-12 meses. Los proveedores obtienen personalmente los datos de fuentes como Facebook, YouTube y Twitter, o, a veces, a través de herramienta de web scraping como Octoparse.
Cuando los sitios web populares a los que se puede acceder fácilmente, como Amazon y Twitter, activamente be scrapped. Los fondos de cobertura se impulsarán a buscar regularmente fuentes de datos nuevas y especiales para sacar a la luz, señales comerciales precisas para permanecer en la cima de su juego. Por esta razón, no habrá fin a cuán profundamente pueden profundizar las empresas. La dark web puede incluso estar incluida.
https://preview.redd.it/61ywx5jxqrc51.png?width=620&format=png&auto=webp&s=57b2e1792667b1b804101cfb18f574117f8fa282
Los datos scraped pueden incluso incluir datos de clientes o individuos, especialmente los que pueden extraerse de diferentes fuentes, como antecedentes penales, registros de vuelo, directorios telefónicos y registros electorales. Con base en los argumentos que giran en torno a los problemas con los datos personales que ganaron popularidad este año, particularmente con el surgimiento del escándalo de Cambridge Analytica en Facebook, los scrappers pronto encontrarán una fuerte oposición de los promotores de leyes de privacidad de datos.
Tammer Kamel, CEO y Fundador de Quandl, ha declarado recientemente que existe una "healthy paranoia" entre las diferentes organizaciones para eliminar la información personal antes de las ventas de los conjuntos de datos alternativos de su empresa, y ese paso en particular puede acarrear graves consecuencias. En cualquier caso, la protección reglamentaria adecuada es primordial en este nivel. Esto implica que se puede recopilar demasiada información con respecto a un individuo, ya que todavía no tenemos un conjunto de normas de gobierno.
El año pasado, el Informe de Ley de Hedge Fund declaró que "a pesar de que el comercio electrónico ha madurado relativamente, la recolección automática de datos aún no es legal. En la medida en que han surgido muchos casos para analizar disputas de scraping. Debido con los estatutos federales y estatales diferentes, no existe una ley particular, y las decisiones anteriores se consideran específicas de los hechos ”. Siendo realistas, algunos casos legales complicados apoyan a los scrapers ...
Además, la federal Computer Fraud y Abuse Act, representada como CFAA de los Estados Unidos, ha sido conocida como una ley que impone responsabilidad a aquellos que deliberadamente obtienen acceso a computadoras no autorizadas o van más allá de su acceso autorizado" Debido a esto, muchas empresas especifican la prevención de terceros que intentan recopilar datos. En 2017, hubo este caso popular - HiQ Labs vs LinkedIn, donde LinkedIn hizo uso de CFAA es que HiQ destruye su vida útil mediante usando robots en los perfiles de usuarios públicos para obtener datos. Finalmente, LinkedIn recibió la orden legal de eliminar la tecnología que impedía que HiQ Labs realizara la operación de raspado, porque no requiere autorización de acceso público para acceder a la página de perfil.
También debe mencionarse que el web scraping es un arma de doble filo y no siempre se utiliza para el bien mayor. Los ciberdelincuentes pueden arruinar la reputación de una empresa si los delincuentes la utilizan, por ejemplo, para robar contenido con derechos de autor. Dado que no se puede determinar la intención de las personas detrás del programa deployed bots, puede ser muy difícil determinar la intención maliciosa de un programa.
Además, si los web scraping bots se vuelven más sofisticados, podrán abrirse paso aún más en aplicaciones web y API. Una instancia es el uso de IP proxy - esto incluso hará que el ataque malicioso sea más exitoso.
https://preview.redd.it/mrbyjr1zqrc51.png?width=620&format=png&auto=webp&s=68626fe5588a1d287147bc722b632476cde04615
Estructuras vitales de un ataque
Incluso con la forma en que se manifiestan estos problemas, Hedge funds probablemente no dejarán de adoptar el web scraping, en particular, si hay más oportunidades como acceder a oportunidades de inversión nuevas y más rentables En realidad, según una estadística, alrededor del 46 por ciento del tráfico a través de Internet es el resultado de web-scraping bots. Cuando se scrapped la web para mencionar a una determinada empresa, se puede proporcionar a los fondos de cobertura una idea muy clara de la percepción de su cliente y su perspectiva.
Con más pruebas de la importancia del web scraping para todo el uso en la industria de los fondos de cobertura, legítimamente o no, parece que nuestro mundo en línea está totalmente preparado para someterse a más análisis de forma más regular y de cerca que nunca.
submitted by melisaxinyue to hedgefund [link] [comments]


2020.07.23 10:48 diplohora Bruno Rezende : meus estudos para o CACD Parte IV - SUGESTÕES DE LEITURAS pt4 HBR

HISTÓRIA DO BRASIL16
16 Sugiro estudar ao menos um pouco História do Brasil e História Mundial antes de começar a estudar Política Internacional, por motivos óbvios. Vale dizer que boa parte da bibliografia de História Mundial pode, também, ser válida para os estudos de política internacional (vide Guia de Estudos).
- Apostilas “Anglo Vestibulares” (para História do Brasil, ler as duas apostilas da matéria na íntegra, com menos ênfase no período colonial): peguei as apostilas do 3º ano do ensino médio do sistema de ensino Anglo (série Alfa) de meu irmão. São quatro apostilas finas (no total, devem ter umas 300 páginas de Brasil e 100 de Mundial, se contar apenas após o Iluminismo). Inicialmente, peguei as apostilas para uma revisão inicial da matéria, mas devo dizer que fiquei impressionado com a qualidade e com a quantidade de informações que eu não havia achado em nenhum outro lugar. Acho que ninguém gosta de ler livros de História que divagam e que, embora bons em algumas partes, também têm alguns capítulos chatos e nem sempre muito interessantes. Inicialmente, achei que as apostilas fossem ser bem gerais (como são, geralmente, os estudos de ensino médio), mas elas me surpreenderam pelo poder de concisão e, ao mesmo tempo, por possuírem muitas informações boas. O mais interessante é que, por se tratar de apostilas voltadas para a revisão de vestibulandos, elas não incluem coisas mais gerais e de que toda pessoa ensinada tem conhecimento; são concisas e informativas. Eu grifava quase tudo dos capítulos. Em História do Brasil, fiz o teste e li determinadas matérias (Colônia e I Reinado) nas apostilas e comparei com a leitura do Boris Fausto (descrição a seguir). Para minha surpresa, a apostila, nessas partes, tinha mais informações e era mais interessante para o que CACD pede que o Boris Fausto. Resultado: fiz o que, para muitos, seria considerado um crime e abandonei o Boris Fausto. Não sei se dei sorte, porque não se cobrou História pura na terceira fase, apenas história da política externa. Possivelmente, os conhecimentos que deveriam haver sido apenas introdutórios foram suficientes, justamente, porque foram introdutórios à matéria de História da política externa, que estudei por outras obras (indicadas a seguir). De todo modo, eu não poderia deixar de fazer a indicação. As apostilas est~o disponíveis para download no “REL UnB”.
- História do Brasil (Boris Fausto): Cuidado! Não é História Concisa do Brasil, é só História do Brasil. Lançaram essa concisa (até constava na bibliografia dos Guias de Estudo, quando ela ainda existia), mas, segundo informações de professores de cursinho, não é boa, há cortes mal feitos e muita coisa fica de fora. O História do Brasil é, dizem, melhor. Para ser bem sincero, li só até meados do Império, que foi o tempo de descobrir as apostilas do Anglo. Depois disso, não toquei mais no livro do Boris Fausto. De qualquer modo, é bastante importante e bem recomendado.
- História da Política Exterior do Brasil (Amado Cervo e Clodoaldo Bueno): leitura completa obrigatória, um dos mais importantes de toda a bibliografia. Leia atentamente, faça resumos, fichamentos, mapas mentais, o que puder ajudar a gravar o máximo de informação possível. Ajuda em Política Internacional também. Na prova da terceira fase de História do Brasil de 2011, as quatro questões foram sobre história da política externa brasileira.
- Manual do Candidato: História do Brasil (Flávio de Campos e Míriam Dolhnikoff): já ouvi falarem muito mal dele, mas achei interessante, principalmente por duas razões. Em primeiro lugar, os capítulos são divididos por temas de maneira bastante útil (economia; sociedade e cultura; política externa etc.), o que facilita na complementação de estudos em temáticas que você não encontrou muito bem trabalhadas em outras fontes. Em segundo lugar, relacionado ao primeiro, só no manual achei itens mais pontuais referentes aos tópicos “sociedade e cultura”, que eu n~o havia encontrado, de maneira mais simples e sistematizada, em outras obras. Recomendo o possível uso desse manual como complemento a seus estudos de História do Brasil, especialmente das partes que você n~o encontrar em outras bibliografias (como “sociedade e cultura”, em meu caso). Além disso, há boas sugestões de leituras (tanto de bibliografia básica quanto de bibliografia complementar) ao final de cada capítulo do manual. Apesar de ser um manual massacrado por alguns, eu não o dispensaria. Não aconselho, entretanto, que se faça uso desse manual como leitura introdutória. Acho válido ler outras bibliografias de caráter mais geral primeiramente.
- Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas (Synesio Sampaio Goes Filho): eu havia lido na Universidade e tinha um resumo muito bom dele (encontrado na internet), então só estudei pelo resumo mesmo. De todo modo, é bem curto e excelente livro sobre a formação territorial do Brasil, assunto recorrente do CACD. Vale a pena a leitura atenta, tomando notas acerca dos principais tratados de limites (nomes, datas, negociadores e o que mudou para o Brasil com cada um). Cobre praticamente todo o primeiro tópico de História do Brasil (só n~o digo “todo” porque, embora eu não saiba o quê, alguma coisa deve ter ficado de fora, nada na vida é tão fácil assim) e é fundamental para o concurso (matéria frequente da primeira e da terceira fases). Um resumo que encontrei na internet est disponível para download no “REL UnB”.
- Formação da Diplomacia Econômica do Brasil (Paulo Roberto de Almeida): o livro é bem grande, com muitos detalhes, então o que interessa são aspectos mais gerais. Usei apenas algumas poucas páginas, para suprir alguns pontos de política econômica no século XIX (tratado de 1827 com a Inglaterra, leis tarifárias pós-Alves Branco e tratado Blaine-Mendonça), mas pude ver que há muita coisa interessante para o estudo de História do Brasil de uma maneira geral também (para isso, atenção aos quadros das páginas: 54-56; 547-550; 579-591; 605-611; 627-628 – podem ser bons resumos não só para temáticas econômicas). Sugiro dar uma folheada, se você tiver tempo.
- Formação do Brasil Contemporâneo (Caio Prado Jr.), História Econômica do Brasil (Caio Prado Jr.) e Formação Econômica do Brasil (Celso Furtado): também estão na leitura recomendada para Economia e já caíram como leitura obrigatória de Português na segunda fase. São livros importantes sobre história econômica brasileira, e, mesmo que não leia os livros (só os li na universidade; para o concurso, li apenas resumos), pode ser interessante saber o argumento principal do autor e algumas características mais gerais. Acho que um resumo bom pode ser a solução, uma vez que colônia não é a temática principal nem da prova de História do Brasil, nem da de Economia.
- Raízes do Brasil (Sérgio Buarque de Holanda): também recomendado para a segunda fase, embora o cerne da atenção seja outro. É um livro curto e tranquilo de ler, mas nada que um resumo bom não possa ajudar com os principais argumentos. Acho que a relevância, em História do Brasil, talvez esteja mais em fornecer eventuais ilustrações e argumentos de autoridade para a terceira fase que na história presente no livro (com a ressalva de que, nos últimos anos, a possibilidade de usar qualquer coisa de História na terceira fase que não envolva política externa ter sido progressivamente reduzida). O prefácio da 26ª edição, de autoria de Antonio Candido, já serve como bom fundamento nesse sentido (“O Significado de ‘Raízes do Brasil’”, disponível para download no “REL UnB”).
- Casa-Grande & Senzala (Gilberto Freyre): acho que não vale a pena a leitura, principalmente por questões de tempo e de possíveis benefícios em termos de aproveitamento no concurso. Um resumo bom das principais ideias do livro pode ser suficiente (mesmo assim, acho que não vale muito a pena para a terceira fase, pode ser mais útil na segunda).
- Os Donos do Poder (Raymundo Faoro): também n~o li. H resumo no “REL UnB”.
- Introdução ao Brasil: um Banquete nos Trópicos – 2 volumes (Lourenço Dantas Mota): essa obra será, também, útil para seus estudos de Literatura. Não li para a primeira fase, e não me fez falta. Para a terceira, talvez possa ser importante, mas não li. Para a prova discursiva de História do Brasil, destacaria os capítulos:
· Volume 1: “Formaç~o do Brasil Contempor}neo”, “Formaç~o Econômica do Brasil”, “Os Donos do Poder”, “Conciliaç~o e Reforma no Brasil” e “A Revoluç~o Burguesa no Brasil”.
· Volume 2: “D. Jo~o VI no Brasil”, “A América Latina: Males de Origem”.
- A Construção da Ordem/Teatro das Sombras (José Murilo de Carvalho): juntamente com Os Donos de Poder, são importantes obras para o concurso, mas, como não tive tempo de ler, peguei resumos e acredito que foram suficientes. Acho que o principal desses autores é pegar alguns argumentos centrais que podem ser usados como argumento de autoridade na prova da terceira fase. Os resumos est~o no “REL UnB”.
- A Formação das Almas (José Murilo de Carvalho): a recomendação que recebi é que um resumo poderia substituí-lo, e foi isso o que fiz. Resumo no “REL UnB”.
- Maldita Guerra (Francisco Doratioto): além de o Doratioto ser membro da banca corretora da terceira fase (e professor do Curso de Formação do IRBr), é um livro sobre temáticas muito importantes. Como não tinha tempo, estudei os tópicos referentes a esse livro em outras obras mais sucintas. Li apenas o capítulo 1 (“Tempestade no Prata”) para a terceira fase, como recomendação do professor do cursinho, mas nem é muito bom. Muito melhor que esse capítulo é o artigo “O Império do Brasil e a Argentina (1822-1889)”, do próprio Doratioto [Revista do Programa de Pós- Graduação em História da UnB, Vol. 16, No 2 (2008)]. Aproveitando a temática das relações Brasil- Argentina, sugiro o artigo “Relações Brasil-Argentina: uma anlise dos avanços e recuos”, de Alessandro Warley Candeas [Revista Brasileira de Relações Internacionais 48 (I): 178-213 (2005)]. Esses dois artigos est~o disponíveis no “REL UnB”.
Podcast sobre a Guerra do Paraguai: http://www.radioponto.ufsc.bindex.php?option=com_content&view=article&id=903:tempestade
-no-prata&catid=6:radiojornalismo&Itemid=31
Os livros a seguir são recomendações que recebi e recolhi na Internet, embora eu não tenha feito uso de nenhum deles em minha preparação.
- A História do Brasil no Século 20 (Oscar Pilagallo/Folha de São Paulo) - cinco pequenos livros. Já vi recomendações de que é boa (e curta) fonte de revisão, especialmente para a primeira fase.
- A Idade de Ouro do Brasil (Charles Boxer): sobre Brasil colônia. Não sei se vale muito a pena, o que se tem cobrado do assunto é bem superficial, e um livro geral e básico pode resolver o problema.

- A Identidade Nacional do Brasil e a Política Externa Brasileira (Celso Lafer)

- Autonomia na Dependência (Gerson Moura)
- Cronologia das Relações Internacionais do Brasil (Eugênio Vargas Garcia)
- Da Monarquia à República (Emília Viotti da Costa)
- Dicionário de História do Brasil (Moacyr Flores)
- Diplomacia Brasileira (Lampreia)
- História do Brasil: uma interpretação (Carlos Guilherme Mota)
- História Geral do Brasil (org. Maria Yedda Linhares): ler apenas o capítulo sobre o Império.
- Os Sucessores do Barão (Mello Barreto)

- Relações Internacionais do Brasil: de Vargas a Lula (Vizentini)

- República Brasileira (Lincoln de Abreu Penna): apenas até o fim da Era Vargas.
- Rio Branco: o Brasil no mundo (Rubens Ricupero): pequeno livro sobre o Barão do Rio Branco. Não li, mas acho que pode ser interessante (é bem curto também). Esqueça a biografia do Álvaro Lins, sem utilidade prática para o concurso. Não li nada sobre o Barão que não estivesse no livro de Amado Cervo/Clodoaldo Bueno.
- Sessenta Anos de Política Externa Brasileira (1930-1990) (orgs.: José A. G. Albuquerque, Sérgio
H. N. de Castro e Ricardo A. A. Seitenfus)
- Trajetória Política do Brasil (Francisco Iglesias): segundo recomendações, é um resumo bom de todo o assunto de História do Brasil e pode servir como revisão antes da primeira fase.
- Uma História do Brasil (Thomas Skidmore)
HISTÓRIA MUNDIAL
- Apostilas “Anglo Vestibulares” – já descritas acima. As apostilas estão disponíveis para download no “REL UnB”. Para História Mundial, ler a partir de “Iluminismo”.
- História das Relações Internacionais Contemporâneas (José Flávio Sombra Saraiva): li na Universidade e para o concurso. O engraçado é que, quando o li na Universidade, tendo aula com o próprio Saraiva, não gostei do livro e não cheguei sequer a ler os últimos capítulos. Quando fui ler para o concurso, achei bom. Apesar de não ser completo, acredito ser boa introdução para quem está meio enferrujado no assunto ou, ainda, boa revisão de tópicos gerais para quem já estudou alguma coisa. Recomendo.
- O Mundo Contemporâneo (Demétrio Magnoli): é de Ensino Médio, mas é sensacional. Ótima introdução ao tema. Tanto para PI quanto para HM, é um dos melhores e mais importantes para o concurso. Leia a partir do capítulo 3. Sugiro que você, à medida que ler o livro, faça anotações de tópicos e de datas mais importantes (podem ser muito úteis para a revisão às vésperas da primeira fase). É mais voltado para o período após o início da guerra fria, mas há alguma coisa sobre o período anterior a esse também. De qualquer forma, isso significa que outras leituras em temas não contemplados aqui, como Revolução Francesa e Revolução Industrial, por exemplo, são fundamentais. Para cobrir essa parte da matéria, sugiro o volume 2 do História da Civilização Ocidental, do Burns (citado abaixo).
- História da Civilização Ocidental (Burns, volume 2): não li por falta de tempo, mas já ouvi comentários de que é melhor e mais didático que os livros do Hobsbawm (descritos abaixo). Como é um livro antigo, é necessário complementar com outras leituras. O Mundo Contemporâneo pode fazer isso muito bem. Se tiver tempo, é uma leitura bastante recomendada.
- Manual do Candidato: Política Internacional (Demétrio Magnoli): é bem geral e não passa nem perto de falar sobre todos os temas. Incluí o Manual do Candidato: Política Internacional aqui na lista de livros de História Mundial pela simples razão de o livro ser quase todo igual (ou, para não dizer “igual”, ao menos muito semelhante) ao O Mundo Contemporâneo. Há partes que são simplesmente idênticas (apesar de o autor mudar os nomes dos capítulos). A dica, portanto, é comparar os conteúdos, para ver o que é novidade e o que não é. Preferi O Mundo Contemporâneo (ler apenas do capítulo 3 em diante). O manual possui alguns erros (especialmente, de datas), mas nada que não possa ser facilmente detectado por um leitor atento (e que saiba um pouco de História, obviamente) ou que comprometa o livro como um todo. Se não tiver acesso ao O Mundo Contemporâneo, o manual não é de todo ruim.
Obs.: não confundir! Há outro manual mais novo, de autoria de Cristina Pecequilo, que está descrito abaixo, na parte de Política Internacional.
- Manual do Candidato: História Mundial (Vizentini): sabe aqueles livros que dão vontade de chorar e de abrir o Word, para fazer todas as doze milhões e quatrocentas mil correções de Português necessárias? Então, aqui está um prato cheio. Tenho amigos que começaram a ler e não conseguiram terminar. Não sei como eu resisti até o final, mas devo dizer que está longe de ser uma leitura prazerosa ou primordial. Passe adiante!
- História da Paz e História da Guerra (org. Demétrio Magnoli): os livros são, de maneira geral, bons e rendem boas anotações, embora não sejam imprescindíveis. O História da Guerra está disponível para download no “REL UnB”.
- As “Eras” de Hobsbawm: não li nada do Hobsbawm. Para falar a verdade, só para não dizer que não li nada, li dois trechos curtos de capítulos, sobre Revolução Mexicana e sobre a Revolução Russa de 1905. Foi o suficiente para decidir não ler mais nada. Mil desculpas aos amantes da História e do Hobsbawm, mas cheguei à conclusão de que não tinha tempo para gastar com capítulos longos e, muitas vezes, com informações desnecessárias (ou até mesmo sem as informações que, para o concurso, realmente importam, haja vista a parte de Revolução Mexicana, que não fala nada com nada). Aí alguém diz “mas havia um item em 2011 que era praticamente cópia do Hobsbawm”, e respondo: 1) acho pouco provvel que alguém consiga decorar detalhes como os que foram pedidos; 2) a questão foi tão mal feita que, apesar de ser quase a cópia do livro, copiou errado, e o gabarito ficou errado (ou seja, se a prova fosse de consulta, é provável que eu errasse a questão – pode ser que eu seja muito burro para entender o Hobsbawm também, mas não consegui entender de onde a banca tirou o gabarito louco a questão). Se você fizer muita questão de ler o Hobsbawm, mas muita questão mesmo, sugiro que leia apenas a Era dos Extremos. Se, ainda assim, você quiser ler e fichar todos os quatro livros, saiba que estará perdendo tempo. Todas as “Eras” est~o disponíveis para download no “REL UnB”. Reproduzo, a seguir, uma indicação de leituras que achei na internet, para aqueles que querem ler o Hobsbawm de qualquer maneira. Não sei se a seleção de capítulos é boa, se é muita leitura (provavelmente, sim) etc. De qualquer forma, aí vão os capítulos recomendados no blog “Estudos Diplomticos”:
- Era das Revoluções: cap. 1 a 3, 6, 7, 16;
- Era do Capital: cap. 1, 5, 6, 9, 12 a 16;
- Era dos Impérios: cap. 3 a 6, 9 a 13;
- Era dos extremos: cap. 1 a 8, 11 a 13 e toda a parte III.
- O Longo Século XX (Giovani Arrighi): Só li na universidade, não para o concurso. A recomendação é ler apenas os capítulos 1 e 4 (obviamente, ponderando, de acordo com o edital, o que é realmente importante nesses capítulos). Não acredito que seja indispensável.
- Ascensão e Queda das Grandes Potências (Kennedy): Só li na universidade, não para o concurso. A recomendação é ler apenas os capítulos 4 a 8. Não acredito que seja indispensável.
- Diplomacia (Kissinger): Só li algumas partes na universidade, não para o concurso. Um professor de História Contemporânea da UnB, ex-professor de cursinho preparatório para o IRBr, recomendou a um amigo a leitura dos capítulos 9, 10, 16, 19, 24 a 30. Não acredito que seja indispensável.
- “Wikipédia”: como tudo na vida, é necessário usar com consciência, mas pode ajudar bastante, especialmente para coisas pontuais. Ainda que, como todo mundo não se cansa de repetir, haja muitos erros (nisso ela não inovou: quantos milhares de erros também achamos nos livros da bibliografia?), acho que, desde que não seja sua única ou principal fonte de conhecimento, pode ajudar bastante em História Mundial.
Outras sugestões que recebi (mas não li nem as obras, nem comentários a respeito delas): História da América Latina (Donghi), História do Capitalismo de 1500 a Nossos Dias (Michel Beaud), Introdução à História Contemporânea (G. Barraclough), The Penguin History of the Twentieth Century: The History of the World, 1901 to the Present (J. M. Roberts), O Século XX (org. Daniel Aarão, 3 vol).
submitted by diplohora to brasilCACD [link] [comments]


Data auditor • How to pivot like a pro [Sin derechos de autor] Tuff Data - Vans in japan - YouTube How data analytics can be applied in internal audit - YouTube Sistema autor-data ou sistema numérico? - YouTube Data Analytics and the auditor by Kashif Kamran FCCA - YouTube Data analytics and the auditor Remove Author, Date, Comments from Blog Posts Meta ... What is Audit Data Analytics - YouTube

Data Instructions for Authors - MDPI

  1. Data auditor • How to pivot like a pro
  2. [Sin derechos de autor] Tuff Data - Vans in japan - YouTube
  3. How data analytics can be applied in internal audit - YouTube
  4. Sistema autor-data ou sistema numérico? - YouTube
  5. Data Analytics and the auditor by Kashif Kamran FCCA - YouTube
  6. Data analytics and the auditor
  7. Remove Author, Date, Comments from Blog Posts Meta ...
  8. What is Audit Data Analytics - YouTube

All you need to know about what data analytics is? benefits, challenges and the audit procedures involving data analytics from AAA exam perspective. The new webinar on Data analytics for relevance of AAA 2020 exams. It is an emerging issue and could potentially be part of any 2020 exam paper so better pre... Data Analytics is a buzzword, but what is it? Learn how this term applies to the auditor in this short video. How To Pay Off Your Mortgage Fast Using Velocity Banking How To Pay Off Your Mortgage In 5-7 Years - Duration: 41:34. Think Wealthy with Mike Adams Recommended for you Sobre la Musica: Titulo: Tuff Data Autor: Vans in Japan Sobre el Video: Imágenes realizadas con https://musicvid.org y por creadores: caseif - Visualizador d... Janet Lewell and Terry Hatherell discuss the role of data analytics in internal audit. With the volume of data in business growing at unprecedented rates, co... Sistema autor-data ou sistema numérico? #tccdadepressão #tccaprovado #motivação #quarentena #graduação #especialização #tcc #artigocientifico #metodologiacie... In this super quick WordPress tutorial, we share a simple bit of code to remove the meta information (Author, Date, Comments) from the head of your WordPress...